«« Voltar
Orientação farmacêutica direcionada à administração correta de medicamentos
Protocolo do SIGProj:   275375.1475.131547.07062017
De:10/07/2017  à  29/11/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Camila Guimarães Polisel
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FACFAN - Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Alimentos e Nutrição
Unidade de Origem
  CEX - Comissão Setorial de Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  O avanço dos serviços farmacêuticos teve origem no redesenho dos processos de trabalho, de modo a aprimorar atividades já existentes e a implementar novas atividades, centradas no paciente. O Programa de Qualificação dos Serviços Farmacêuticos (QualifarSUS) é um projeto federal brasileiro voltado para a qualificação do serviço farmacêutico nos equipamentos de saúde. Desde que o (QualifarSUS) foi implantado em Curitiba/PR como projeto piloto, em abril de 2014, o número de atendimentos farmacêuticos aumentou 1.071%. A inserção de consultas farmacêuticas no dia a dia das unidades básicas de saúde e de outros cenários de prática do Sistema Único de Saúde (SUS) tem garantido mais clareza aos pacientes sobre o uso correto de medicamentos, maior humanização no atendimento, valorização profissional e maior adesão e eficácia aos tratamentos recomendados. No Estado de Mato Grosso do Sul, a recente implantação de consultórios farmacêuticos na Atenção Básica à Saúde (ABS) de Campo Grande é parte de uma estratégia que instituiu o programa Serviço de Farmácia Clínica, por meio da Resolução de nº 261, de 16 de junho de 2016, da Secretaria de Saúde. Através do Programa de Farmácia Clínica, Campo Grande está integrando o farmacêutico na equipe multiprofissional de saúde e centrando o cuidado no paciente. Entretanto, a formação clínica dos farmacêuticos ainda representa uma importante fragilidade relacionada à implementação de serviços clínicos nos diversos cenários de prática. Nesse sentido, faz-se necessária a qualificação dos profissionais para o fortalecimento da atuação clínica, a fim de contribuir com o alcance de melhores desfechos clínicos e econômicos.
Palavras-chave
   Farmácia Clínica, Cuidado Farmacêutico, Uso Racional de Medicamentos
Público-Alvo
  Profissionais farmacêuticos do setor público e privado, a saber: farmacêuticos hospitalares, magistrais, atuantes em drogarias ou na Atenção Básica à Saúde. Acadêmicos do Curso de Farmácia também constituem público alvo.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   Camila Guimarães Polisel Fabiana Vicente de Paula Amador Bonifácio
«« Voltar