«« Voltar
IV SIMPÓSIO NACIONAL E VII SIMPÓSIO DO NURBA/UFT A GEOPOLÍTICA TERRITORIAL DO CAPITAL NA AMAZÔNIA LEGAL E AS COMUNIDADES TRADICIONAIS
Protocolo do SIGProj:   274519.1400.119257.30052017
De:25/02/2017  à  31/05/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Roberto de Souza Santos
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  CUPN - Campus de Porto Nacional
Unidade de Origem
  GEO-Lic - GEOGRAFIA (Licenciatura)
Resumo da Ação de Extensão
  O evento terá como apoio e parceria institucional a Universidade Federal de Tocantins. Outras instituições parceiras no evento serão: o Mestrado em Desenvolvimento Regional-UFT-Palmas-TO, o Mestrado de Geografia em Porto Nacional, o Curso de Geografia do Campus de Porto Nacional, a Secretaria Estadual de Educação de Tocantins e Secretaria Municipal de Educação de Porto Nacional. A importância do simpósio é reunir professores, estudantes e pesquisadores no debate e discussão em torno do seguinte eixo temático: CIDADES, FRONTEIRA E TERRITORIOS TRADICIONAIS E VII SIMPOSIO REGIONAL DO NURBA: geopolítica territorial do capital na Amazônia Legal e as comunidades tradicionais. A partir deste tema levantar outros subtemas como a geografia da fronteira agrícola na região amazônica; osterritórios tradicionais e desenvolvimento regional e urbanização na expectativa de buscar um aprimoramento do conhecimento científico na área da Geografia. Estas temáticas teóricas ainda carecem de uma discussão teórico-metodológica de cunho científico no curso de Geografia de Porto Nacional-TO e no âmbito da Universidade Federal de Tocantins. A Universidade Federal do Tocantins é uma universidade recente. Por esse motivo precisa ampliar os seus horizontes do conhecimento científico. A justificativa também decorre em função de se evidenciar a multiplicidade das formas de ocupação do território e, esta multiplicidade é objeto que precisa de uma investigação científica neste começo do 2º milênio. Com este viés interpretativo, prioriza-se uma reflexão voltada à questão nacional, mas interligada às questões regionais e locais no Tocantins.Pretende-se com este debate contribuir com ações que visem o enfrentamento dos conflitos sócio-territoriais na fronteira.
Palavras-chave
   FRONTEIRA, COMUNIDADES TRADICIONAIS, ESPAÇO AGRARIO
Público-Alvo
  alunos, pesquisadores, professores e lideranças de movimentos sociais.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   email do evento.
«« Voltar