«« Voltar
No avesso da noite tocantinense: Ativismos, Dissidências Sexuais e Trânsitos de Gênero em contextos interioranos
Protocolo do SIGProj:   272957.1493.97267.19052017
De:05/06/2017  à  05/12/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Bruna Andrade Irineu
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  CUM - Campus de Miracema
Unidade de Origem
  SERV - SERVIÇO SOCIAL
Resumo da Ação de Extensão
  Esta ação tem como intuito preservar o patrimônio imaterial da população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) através de sua memória. Esta proposta articula-se ao projeto de pesquisa 'Retratos do Tocantins Homossexual: trajetórias de sujeitos políticos LGBT” que objetiva demonstrar os processos de sociabilidade e invisibilização de violências e violações de direitos, enfocando os fluxos de (i)migração de sujeitos que se autodeclaram homossexuais e/ou LGBT para Palmas, capital do Tocantins. Através de levantamentos do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Sexualidade, Corporalidades e Direitos durante o andamento do projeto supracitado, observou-se nas falas de militantes, pesquisadores/as e artistas LGBT que a construção da sociabilidade LGBT palmense tem se constituído em espaços de consumo (boates e bares) tendo em vista a escassez de locais públicos (praças e parques) para interação desta população. Assim, esta proposta vincula-se ao projeto 'No avesso da noite tocantinense: ativismos e sociabilidade LGBT em espaços de consumo em Palmas/TO' que compreende a distinção dos ativismos em contextos interioranos e o mercado enquanto um cenário de sociabilidade e construção de identidade do segmento LGBT. E, portanto, pretende-se produzir um vídeo-documentário com objetivo de retratar a memória de militantes, artistas, empresários/as e sujeitos LGBT sobre a história de dissidência seual e dos trânsitos de gênero no interior do Tocantins. Interessa-nos desenvolver um documentário etnográfico destacando os processos de visibilidade e invisibilidade que constituem esses 'guetos' e a emergência do ativismo em defesa dos direitos humanos LGBT.
Palavras-chave
   Gênero, Sexualidade, LGBT, Memória, Sociabilidade.
Público-Alvo
  Estudantes, militantes de direitos humanos e gestores públicos.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   Núcleo de Estudos, Pesquisas e Extensão em Sexualidade, Corporalidades e Direitos - UFT (63)3366-8614
«« Voltar