«« Voltar
Hipertrofia e metabolismo: efeitos da bocaiuva (Acrocomia aculeata) em resposta ao treinamento de força
Protocolo do SIGProj:   272731.1430.225847.12072017
De:20/03/2017  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Jeeser Alves de Almeida
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAMED - Faculdade de Medicina
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
   O crescente interesse sobre o potencial ergogênico dos nutrientes, assim como seus efeitos no período de recuperação após sessão de treino em diferentes intensidades, tem aumentado o volume de estudos científicos com alimentos ricos em nutrientes ou outros componentes com potencial efeito positivo sobre rendimento esportivo. A bocaiuva, fruto da Acrocomia aculeata, palmeira nativa na região Centro-Oeste e também presente em outras regiões brasileiras, apresenta elevado valor nutricional, é utilizada empiricamente pela população sul mato-grossense com finalidade terapêutica em casos de doenças respiratórias, deficiências nutricionais e constipação, além de ingrediente componente de receitas regionais ou consumida in natura. É um fruto com maior concentração de carboidratos, lipídios, proteínas, -carotenoides, cálcio e zinco do que os frutos mais consumidos pela população brasileira. A excelente composição nutricional da bocaiuva, as funções de seus nutrientes, assim como a dos compostos fenólicos presentes, tornam esse fruto um potencial alimento de ação ergogênica para atletas e praticantes de exercício de força. Por meio da análise da interação da bocaiuva aos mecanismos hipertróficos e modulação do metabolismo energético pretende-se descobrir novas aplicabilidades da bocaiuva como suplemento nutricional na área esportiva e seu potencial em favorecer o rendimento de atletas.
Palavras-chave
   Hipertrofia, Treinamento de Força, bocaiuva, suplemento, ergogênicos
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar