«« Voltar
PARASITOSES INTESTINAIS EM PACIENTES COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO EM RIO GRANDE, RS, BRASIL
Protocolo do SIGProj:   271903.1389.282807.15052017
De:01/06/2017  à  01/05/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Luciana Farias da Costa de Avila
Instituição
  FURG - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE
Unidade Geral
  UE - Unidades Educacionais
Unidade de Origem
  FaMed - Faculdade de Medicina
Resumo da Ação de Extensão
  Título: PARASITOSES INTESTINAIS EM PACIENTES COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO EM RIO GRANDE, RS, BRASIL O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é caracterizado como uma classe de condições neurodesenvolvimentais na qual os pacientes apresentam dificuldades de interação social e incapacidade para realizar as atividades do cotidiano como autocuidado e profilaxia, o que pode expor esses pacientes às infecções parsasitárias. O presente estudo tem como objetivo disseminar o conhecimento sobre a importância das parasitoses intestinais assim como suas medidas preventivas para pacientes com TEA e seus familiares vinculados a Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Rio Grande (AMAR) na cidade do Rio Grande, RS, Brasil. Um questionário estruturado será aplicado aos familiares para que se possa conhecer o histórico dos pacientes e a ocorrência de infecções parasitárias passadas. Ao final, os resultados do estudo serão entregues aos familiares e serão realizadas oficinas e palestras que servirão para a disseminação do conhecimento e acolhimento de dúvidas e questões levantadas pelas famílias de pacientes com TAE. Além disso, será confeccionada uma cartilha sobre os principais parasitos intestinais para o esclarecimento sobre as ações preventivas necessárias.
Palavras-chave
   parasitoses intestinais, autismo, prevenção
Público-Alvo
  Pacientes com TEA cujos familiares estão vinculados a Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Rio Grande (AMAR)
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar