«« Voltar
Biblioteca e remição de pena por leitura: Construindo o espaço educativo na Cadeia Pública de Tocantinópolis/TO
Protocolo do SIGProj:   269461.1400.189493.31082017
De:01/06/2017  à  22/12/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Aline Campos
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  CUT - Campus de Tocantinópolis
Unidade de Origem
  PED - PEDAGOGIA (Licenciatura)
Resumo da Ação de Extensão
  O acesso à educação é um direito humano assegurado pela Constituição Federal, entretanto, nos espaços de privação e restrição de liberdade esse direito não é garantido. A presença de educação nas prisões afirma a valorização do desenvolvimento humano e da busca permanente de cada indivíduo em ser-mais, constituindo-se como uma possibilidade de intervenção positiva nesta realidade em que prevalece a desumanização. A efetivação da educação também se apresenta como uma possibilidade de reinvenção das prisões, uma vez que traz para o espaço prisional a luta pela emancipação e autonomia. Nesse contexto, a situação do estado do Tocantins é ainda mais urgente, haja visto que, de acordo com o seu Plano Estadual de Educação em Prisões publicado em 2012, apenas cinco dos 47 estabelecimentos penais existentes no estado ofertavam algum tipo de atividade educativa. Considerando-se tal cenário e o compromisso da Universidade não apenas com a pesquisa e o ensino, mas também a extensão, faz-se mais do que necessário que a referida Instituição de Ensino Superior se comprometa com essa demanda social, o que justifica a realização de um projeto de extensão envolvendo práticas de leitura e escrita em um espaço prisional. O objetivo geral deste projeto consiste em construir um espaço educativo em uma sala disponível na Cadeia Pública de Tocantinópolis/TO, que possibilite e estimule a prática da leitura e escrita das pessoas privadas de liberdade, com vistas à remição de pena por leitura e estudo.
Palavras-chave
   Leitura e escrita, Educação em prisões, remição de pena, Cadeia Pública de Tocantinópolis.
Público-Alvo
  Detentos da Cadeia Pública de Tocantinópolis e discentes da UFT.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   alinecampos@uft.edu.br
«« Voltar