«« Voltar
Cidade e meio ambiente: Estudo ampliado em perspectiva interdisciplinar
Protocolo do SIGProj:   268770.1400.45195.14042017
De:01/03/2017  à  01/03/2020
 
Coordenador-Extensionista
  João Aparecido Bazzoli
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  CUP - Campus de Palmas
Unidade de Origem
  DIR - DIREITO
Resumo da Ação de Extensão
  Este Programa tem por objetivo estudar [Cidade e meio ambiente] na perspectiva interdisciplinar, para verificar se com a parametrização das cidades sustentáveis, instituídos pelos indicadores usuais, são garantidas a aplicabilidade e efetividade do direito à cidade. Pretendemos agregar ao Programa Projetos, como o 'Nós Propomos' - Educação à democracia participativa; 'Palmas Participa' - coletivo que discute a cidade. A metodologia que aplicaremos para o desenvolvimento do Programa consistirá [a partir de uma lógica ampliada e interdisciplinar] em analisar os elementos da Nova Agenda Urbana (NAU) concebida pelo HABITAT III e criar ações integrativas institucionais ou não, para promover um amplo debate sobre o direito à cidade e cidades sustentáveis. Realizaremos atividades de oficinas, capacitação, colóquios, visitas técnicas, seminários e outros mecanismos que possibilitem a aproximação entre a universidade, comunidade, Poder público, agentes e atores envolvidos com a discussão sobre “cidades”. Dividimos o Programa em eixos estruturais: (i) regularização fundiária urbana e a segregação socioespacial; (ii) planejamento urbano, mobilidade na cidade e a dicotomia do crescimento urbano desordenado e seu desdobramento à expansão das periferias; (iii) plano diretor, políticas públicas, meio ambiente e sociedade; e (iv) participação social e a democracia direta. Justifica-se, a propositura do Programa em razão do estado da arte mostrar movimentos em várias áreas do conhecimento que avançaram e aprofundaram o debate acerca do direito à cidade, porém no Brasil isto ocorreu com maior visibilidade, nos campos institucional e normativo, somente após a promulgação da Constituição Federal de 1988, fato que instiga novas incursões acadêmicas exploratórias.
Palavras-chave
   Cidades sustentaveis, Direito à cidade, Agenda urbana
Público-Alvo
  Alunos da graduação e da Pós-graduação da UFT Alunos do ensino médio das escolas estaduais Professores do ensino médio e universitário População em geral envolvida na discussão da cidade Movimentos sociais Lideranças e presidentes de associação de bairros Gestores e técnicos da administração pública municipais e estaduais Vereadores
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   JOÃO APARECIDO BAZOLLI Celular: 99234-6571
«« Voltar