«« Voltar
A ABORDAGEM DAS IDENTIDADES/DIFERENÇAS NO CONTEXTO ESCOLAR: UM ESTUDO SOBRE AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E SUA ARTICULAÇÃO COM A ORGANIZAÇÃO CURRICULAR NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE DOURADOS/MS.
Protocolo do SIGProj:   266206.1136.1963.30032017
De:25/04/2017  à  25/05/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Pedro Rauber
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  PROPP - Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
Unidade de Origem
  NUCHS - Núcleo de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas
Resumo da Ação de Extensão
  Buscamos inspiração no campo dos Estudos Culturais de orientação pós-estruturalista compreender como são operacionalizadas nas escolas municipais de Dourados, as disciplinas introduzidas no currículo escolar através da Resolução SEMED nº 111/2013 , objetivando: 1- conhecer as orientações curriculares da SEMED no que se refere à abordagem das identidades/diferenças; 2- compreender como os/as professores/as que atuam nestas disciplinas articulam em suas práticas pedagógicas as identidades/diferenças; 3- relacionar as práticas pedagógicas dos/as professores/as com o processo de formação docente. Considerando os elementos e o cenário nacional e internacional que representam as condições que molduram a educação e a formação de professores, este estudo será desenvolvido em duas frentes: inicialmente buscaremos junto à SEMED/Dourados/MS identificar/conhecer as razões e as condições que motivaram a reestruturação curricular implantada pela Secretaria nas escolas da rede municipal de ensino, a seguir, definiremos duas escolas para conhecer como são operacionalizando estas disciplinas (atribuição de aulas, lotação de professores, material didático etc.). Depois, com entrevistas semi-estruturadas conhecer os sentidos atribuídos/formas como os/as professores/as articulam essas disciplinas na produção de identidades/diferenças no espaço escolar. Por último, queremos identificar/estabelecer possíveis fragilidades e desafios para a formação inicial e continuada de professores/as. O campo teórico com o qual nos identificamos nesta pesquisa, a questão das identidades, não é uma questão biológica ou natural, mas uma questão de representação, construída pela compreensão do contexto, pelos próprios sujeitos em interação com seus respectivos mundos culturais e sociais e se transformam, mediatizados pelas próprias pessoas em relação.
Palavras-chave
   Organização Curricular, Práticas Pedagógicas, identidades/diferenças culturais.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar