«« Voltar
Prevenção do consumo de drogas psicotrópicas por adolescentes através de ação de Educação em Saúde em escolas públicas de Campo Grande/MS
Protocolo do SIGProj:   263338.1435.276108.01042017
De:01/08/2017  à  01/08/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Marcos Vinicius de Almeida Silva
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  Campo Grande - Unidade Universitária de Campo Grande
Unidade de Origem
  Medicina - Coordenação do Curso de Medicina
Resumo da Ação de Extensão
  O consumo de drogas psicotrópicas pode trazer consequências desastrosas ao indivíduo, sendo estimado que, em 2014, aproximadamente 200.000 mil pessoas entre 15 e 64 anos tenham morrido por causas diretas de seu consumo e que a prevalência mundial do consumo de drogas, neste mesmo ano, tenha sido de 1 a cada 20 pessoas (UNODC, 2016). Neste contexto, a adolescência representa um período de alto risco para o início do consumo de drogas psicotrópicas, pois a adoção de estilos de vida saudáveis é vista como cinzenta, aborrecida, desprestigiante e desinteressante, ao passo que os consumos de substâncias e em geral a transgressão são vistos como excitantes e como fonte de prestígio social (MATOS, 2005). Desta forma, este projeto pretende realizar ações de Educação em Saúde voltadas para a população adolescente no âmbito escolar, objetivando a diminuição da prevalência do consumo de drogas como uma forma de promoção e prevenção de saúde, indo ao encontro com o conceito de escola promotora de saúde (EPS), definida como uma escola com ações que resultem na proteção e promoção à saúde e ao bem-estar de todos os membros da comunidade escolar (MOREIRA et al, 2006). No entanto, para o processo educativo é essencial a utilização de metodologias ativas de ensino-aprendizagem, pois estas possibilitam uma formação mais crítica e não bancária (FREIRE, 2005). Desta perspectiva, o PBL(Problem Based Learning) pode ser visto como um importante ferramenta de transformação social, pois possibilita ao aluno compreender melhor mundo que o cerca e agir propositalmente para transformá-lo (BERBEL, 1998).
Palavras-chave
   Drogas, Educação em saúde, Escola, adolescentes, metodologia ativa
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar