«« Voltar
ESTUDO DA VIABILIDADE ECONÔMICA DA ORDENHA ROBOTIZADA NA BOVINOCULTURA DE LEITE
Protocolo do SIGProj:   261192.1359.124497.28022017
De:02/05/2017  à  28/02/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Raquel Breitenbach
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Sertão - Câmpus Sertão - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  O setor leiteiro tem destacada importância econômica e social no Brasil. Uma tendência mundial do setor é a concentração da produção com aumento da escala produtiva e redução no número de unidades de produção de leite. Tal cenário demanda competitividade dos pecuaristas e a automação de parte das atividades tem se apresentado como uma alternativa para desafios como escassez de mão de obra, penosidade do trabalho, padronização dos procedimentos e melhoria da qualidade. É o caso do robô ordenhador ou popularmente conhecido como robô de ordenha ou ordenha robotizada. No Brasil esta tecnologia é recente e carece de estudos acerca da viabilidade econômica de sua implantação, visando dar suporte aos técnicos, empresas e produtores. Portanto, objetiva-se com esta pesquisa analisar a viabilidade econômica da implantação de ordenha robotizada na produção de leite de vaca no Rio Grande de Sul, Brasil. Especificamente, objetiva-se identificar os custos envolvidos na implantação do sistema de ordenha robotizada; a viabilidade econômica em três distintos sistemas de produção de leite: semi-intensivo, intensivo com free stall, e intensivo com compost barn; bem como os aspectos positivos e negativos da implantação do sistema para a realidade do RS.
Palavras-chave
   custo de produção, automação na agricultura, sistemas de produção.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar