«« Voltar
AVALIAÇÃO DE PROPRIEDADES MECÂNICAS E DE CORROSÃO DA LIGA DE AÇO INOXIDÁVEL ASTM F138 SUBMETIDA À OXIDAÇÃO TÉRMICA
Protocolo do SIGProj:   260885.1359.226209.02032017
De:02/05/2017  à  28/02/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Cínthia Gabriely Zimmer
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Feliz - Câmpus Feliz - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  Os metais representam uma importante classe de materiais, usados amplamente nas mais diversas áreas produtivas, industriais e comerciais, devido sua alta versatilidade. Apesar da sua grande importância e vasta utilização, um fenômeno natural e espontâneo torna seu emprego muitas vezes comprometido, devido sua susceptibilidade à corrosão. Alguns metais apresentam resistência à corrosão mais elevada e por isso recebem aplicações mais nobres, como por exemplo para uso em biomateriais, indústria alimentícia e aeroespacial. Para aumentar a resistência a corrosão algumas práticas são utilizadas para retardar o processo corrosivo, que é um dos principais motivos de falhas de componentes metálicos; pode-se citar alterações na composição química, tratamentos superficiais até revestimentos a base de resinas poliméricas. Esse projeto tem como objetivo investigar o aumento da camada protetiva de um aço inoxidável, utilizado para produção de próteses ortopédicas, através do tratamento térmico chamado oxidação térmica. Apesar desse aço apresentar boa resistência à corrosão em diversos meios, íons cloreto tornam ele suscetível a alguns tipos de corrosão, em especial corrosão por pites e corrosão por frestas. Para isso placas ósseas produzidas a partir de aço inoxidável F138 serão tratadas termicamente sob uma atmosfera oxidante, com intuito do oxigênio reagir com o cromo presente na liga, aumentando a camada de óxido responsável pela resistência à corrosão. Análises macroscópicas, microscópicas, ensaios de corrosão em meios que contenham íons cloreto e ensaios de fadiga serão realizados para observar se há ganho em resistência à corrosão e se o tratamento não irá prejudicar as propriedades de fadiga do componente.
Palavras-chave
   Aço inoxidável, Biomateriais, Oxidação térmica, Corrosão, Fadiga
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar