«« Voltar
Diagnóstico dos fatores que causam excesso de turbidez na produção de arroz orgânico de um assentamento em Viamão/RS
Protocolo do SIGProj:   260574.1359.276200.06032017
De:02/05/2017  à  28/02/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Ariela Milbrath Cardoso
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Viamão - Câmpus Viamão - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  O excesso de turbidez das águas originárias da produção de arroz orgânico do Assentamento Filhos de Sepé de Viamão-RS apresenta-se como um problema relevante, uma vez que níveis elevados desse parâmetro interferem na qualidade do rio Gravataí, onde as águas são posteriormente lançadas. Diante disso, esta pesquisa tem como objetivo principal diagnosticar os fatores que causam excesso de turbidez nas águas utilizadas na produção de arroz orgânico desse assentamento situado dentro da Área de Proteção Ambiental Banhado Grande e contíguo ao Refúgio de Vida Silvestre Banhado dos Pachecos. Para tanto, a metodologia será fundamentada em pesquisa quantitativa com abordagem experimental, cujas etapas serão estabelecidas por meio de seleção de pontos amostrais. As coletas das águas deverão observar os períodos de preparo do solo e de semeadura do arroz pré-germinado, seguindo-se da determinação de parâmetros físico-químicos como a quantificação da turbidez, medidas dos sólidos totais e presença de macronutrientes. E por fim, com a análise de variância e de correlação dos dados com levantamentos morfológicos e físico-químicos dos solos do assentamento, será possível diagnosticar com maior precisão os fatores que podem estar causando aumento na turbidez das águas, propondo melhorias no manejo do solo e da água.
Palavras-chave
   Macronutrientes, Assentamento Filhos de Sepé, Manejo de Solo, Manejo de Água, Eutrofização
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar