«« Voltar
QUEM VAI CUIDAR DAS “MIMOSAS”? SUCESSÃO FAMILIAR NA BOVINOCULTURA DE LEITE
Protocolo do SIGProj:   260129.1344.124497.28022017
De:01/05/2017  à  30/11/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Raquel Breitenbach
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Sertão - Câmpus Sertão - Extensão
Unidade de Origem
  EXT - Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  A presente proposta busca auxiliar no processo de sucessão rural, estimulando jovens a gostarem do campo e levando conhecimento acerca das atividades de bovinocultura de leite. Serão desenvolvidas ações com crianças, adolescentes e jovens que sejam filhos de agricultores familiares que trabalham com a bovinocultura de leite em Sertão e entorno. Os jovens do campo, majoritariamente, têm projetado seu futuro e suas perspectivas profissionais e pessoais no meio urbano. Isso é mais notório em propriedades que têm atividades consideradas mais maçantes, como é o caso da bovinocultura de leite. Por outro lado, esta é uma atividade de importância econômica e social em regiões de predomínio da agricultura familiar, por que permite retorno econômico satisfatório. Metodologicamente serão seguidas as etapas: 1- Identificar as unidades de produção que possuem crianças, adolescentes e jovens na região e que trabalham com bovinocultura de leite; 2- Explicar como serão desenvolvidas as ações e identificar o público que deseja participar das atividades do projeto; 3- Encontros quinzenais para debates, trocas de conhecimentos, preparação de concurso da terneira leiteira; 4- Avaliação do projeto com: crianças e adolescentes, bolsistas, pais e comunidade em geral. Trata-se de uma proposta interdisciplinar; ao mesmo tempo em que integra ensino-pesquisa-extensão por dar continuidade a outros projetos já desenvolvidos; bem como contribui para a formação dos bolsistas, complementa iniciativas de políticas públicas nacionais de incentivo a agricultura familiar. Por fim, alerta-se para seu foco na transformação social e melhoria das condições de vida do e no campo.
Palavras-chave
   desenvolvimento rural, gestão familiar, autoestima, propriedade rural
Público-Alvo
  Crianças e adolescentes que sejam filhos de agricultores familiares que trabalham com a bovinocultura de leite na região de abrangência do IFRS Campus Sertão. A presente ação de extensão terá como público-alvo diretamente beneficiado crianças, adolescente e/ou jovens filhos de agricultores familiares que trabalham com a bovinocultura de leite em Sertão-RS e entorno. Estima-se reunir vinte (20) pessoas entre crianças, jovens e adolescentes com essas características e que tenham interesse em participar.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   raquel.breitenbach@sertao.ifrs.edu.br
«« Voltar