«« Voltar
Língua de Acolhimento, Investimentos e Comunidades Imaginadas: um diálogo pertinente
Protocolo do SIGProj:   260002.1136.4685.21022017
De:05/05/2017  à  05/05/2019
 
Coordenador-Extensionista
  João Fábio Sanches Silva
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  Campo Grande - Unidade Universitária de Campo Grande
Unidade de Origem
  Letras/Inglês - Coordenação do Curso de Letras/Inglês
Resumo da Ação de Extensão
  A aquisição de uma nova língua é um processo complexo, vinculado às relações que se estabelecem entre pessoas, culturas e identidades, e esse processo parece ser ainda mais intricado ao pensarmos nas experiências de aprendizagem e uso de línguas por imigrantes em situação de refúgio. Com base nessa suposição, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo compreender como os conceitos de Investimento e Comunidades Imaginadas podem ser expandidos na perspectiva da literatura nacional de Linguística Aplicada, a partir dos estudos do conceito de Língua de Acolhimento, conduzindo um estudo do referencial teórico-analítico de pesquisadores que têm voltado suas pesquisas ao estudo dos conceitos mencionados. As ações vinculadas a esse projeto buscam favorecer a compreensão do processo de ensino e aprendizagem de língua-cultura como espaço privilegiado para o reconhecimento da diversidade linguístico-cultural de imigrantes em situação de refúgio na cidade de Campo Grande, MS. O projeto propõe apresentar uma revisão sobre o papel e a formação do professor que atua nesse contexto, como agente transformador que pode amenizar o conflito inicial entre aprendente e língua, e estabelecer condições necessárias para que esse aprendente comece a investir nas práticas da nova língua e a interpretá-la como elemento de mediação entre ele e a sociedade anfitriã. Desse modo, o professor, o planejamento e o material didático constituem elementos-chave do processo de ensino-aprendizagem, como também a resignificação da formação de professores de línguas para estrangeiros, para atender exigências específicas que a dinamicidade do fluxo migratório contemporâneo nos impõe.
Palavras-chave
   Língua de Acolhimento, Investimento, Comunidades Imaginadas
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar