«« Voltar
Oficinando
Protocolo do SIGProj:   259593.1400.236990.13032017
De:25/06/2016  à  10/12/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Elisabete da Silveira Ribeiro
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  CUAR - Campus de Arraias
Unidade de Origem
  PED - PEDAGOGIA (Licenciatura)
Resumo da Ação de Extensão
  O presente projeto de melhorar a autoestima de adolescentes com deficiência física, intelectual e/ou transtornos globais do desenvolvimento e surge da necessidade de se pensar ações para este público. No município de Arraias TO, de acordo com relatório de informações sociais e do censo do IBGE, em 2010 de um total de 10.645 pessoas que residem no município existe um índice de 2,1% com pelo menos 1 (uma) deficiência com renda domiciliar per capita de até ¼ do salário mínimo. Através de levantamento realizado pelo CRAS local são contabilizados cerca de 223 (duzentas e vinte e três pessoas) deficientes em Arraias – TO, que comparados com índices da região, do estado e do Brasil, este município possui o maior percentual. É necessário atividades que vão ao encontro do desenvolvimento intelectual e social, bem como a melhoria da autoestima destes sujeitos. Realizar um trabalho social com grupos de deficientes (Vencendo Limites), contribuirá com melhorias do bem estar pessoal e ao desempenho de função ou atividades a ser exercidas pelos mesmos, convergindo assim consequentemente com o bem estar no seio familiar e promoção societária, de acordo com a intensidade de limitação identificada.
Palavras-chave
   Deficiência, vencer limites, autoestima.
Público-Alvo
  O público alvo foi adolescentes com deficiência, ou seja, deficientes físicos e/ou intelectuais e pessoas com transtornos globais do desenvolvimento de 12 a 18 anos e conta com a participação de acadêmicos do Curso de Pedagogia na monitoria do Projeto.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Bruno - CRAS de Arraias. Elisabete - Pedagogia/UFT- Arraias
«« Voltar