«« Voltar
Técnicas de plasticultura para a produção de alface na região dos Campos de Cima da Serra/RS
Protocolo do SIGProj:   258453.1359.269862.02032017
De:02/05/2017  à  28/03/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Gabriel Nachtigall Marques
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Vacaria - Câmpus Vacaria - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  Na região dos Campos de Cima da Serra (RS), um dos principais obstáculos para a produção de alface o ano todo são as baixas temperaturas, cuja frequência de ocorrência é muito elevada a partir da metade do outono, estendendo-se durante o inverno e início da primavera. Neste sentido, visando o cultivo de alface sem entressafra, com alta produtividade e qualidade, é necessário proporcionar condições ambientais adequadas ao crescimento e desenvolvimento da cultura. Para isso, este projeto propõe o estudo dos efeitos de algumas técnicas de plasticultura (utilização de estufas plásticas e coberturas de solo) sobre o crescimento e a produção da alface nas épocas críticas de cultivo. O projeto também aborda o estudo do desempenho de diversas variedades de alface nos ambientes propostos. Ao final do período de execução do projeto, pretende-se definir o melhor ambiente de cultivo para a alface, recomendando, ou não, o emprego de túnel baixo (estufa de cultivo) e/ou cobertura de solo. Além disso, espera-se definir para cada época de cultivo testada, ao menos duas cultivares apropriadas para a produção na região de realização dos experimentos.
Palavras-chave
   Lactuca sativa L., ambiente protegido, mulching, temperatura do ar.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar