«« Voltar
Avaliação da qualidade dos medicamentos dispostos pelo SUS, como instrumento de controle de agravos de doenças. na cidade de Niterói. (Cópia) 15-12-2016 (Cópia) 26-01-2017
Protocolo do SIGProj:   257366.1395.85728.30012017
De:01/04/2017  à  31/12/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Elizabeth Valverde Macedo
Instituição
  UFF - Universidade Federal Fluminense
Unidade Geral
  PROEX - Pró-Reitoria de Extensão
Unidade de Origem
  LURA/EX - Laboratório Universitário Rodolpho Albino
Resumo da Ação de Extensão
  Desde 2004, o acesso da população aos medicamentos básicos e essenciais, vem sendo sendo dispostos através do SUS. Tais medicamentos são importantes instrumentos de controle de agravos de doenças. A Universidade Federal Fluminense (UFF), sediada na cidade de Niterói, com mais de 500.000 habitantes, através dos Laboratório Universitário Rodolpho Albino (LURAEx) / Laboratório de Desenvolvimento de Novas Formulações (LDNF) tem por objetivo implantar o Projeto intitulado 'Projeto de Avaliação da qualidade dos medicamentos dispostos pelo SUS, como instrumento de controle de agravos de doenças. na cidade de Niterói.' Para a execução do projeto, serão envolvidos alunos, técnicos e professores do curso de Farmácia da UFF. Os alunos terão oportunidade de vivencias práticas da profissão farmacêutica, bem como ampliar as experiências acadêmicas e de pesquisa nas áreas de produção e controle de qualidade de medicamentos. Serão 3 medicamentos objetos de análise, possivelmente Cimetidina 200mg, Mebendazol 500mg e Nimesulida 100mg, com discussão quanto às tecnologias e controle de qualidade. As metodologias analíticas utilizadas serão as inscritas na Farmacopéia Brasileira em vigor. O ganho social com o projeto será ampliado visto que a informação dos resultados insatisfatórios serão repassados, de modo sigiloso, ao Instituto Vital Brazil, com objetivo de recolhimento. O principal resultado esperado será a contribuição para o controle do agravo das doenças no Município de Niterói.
Palavras-chave
   medicamentos, qualidade, tecnologia, controle, Niterói
Público-Alvo
  Como público-alvo das ações extensionistas, do presente projeto, estimamos 60.000 usuários dos medicamentos dispostos pelo SUS, no município de Niterói.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   bethvalverde1@gmail.com
«« Voltar