«« Voltar
teste do reflexo vermelho na atenção básica: assistência e capacitação
Protocolo do SIGProj:   256949.1395.117496.19022017
De:26/04/2017  à  26/01/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Christiane Fernandes Ribeiro
Instituição
  UFF - Universidade Federal Fluminense
Unidade Geral
  CMM - Faculdade de Medicina
Unidade de Origem
  MMI - Departamento Materno Infantil
Resumo da Ação de Extensão
   A visão representa uma ferramenta de percepção da nova realidade que se modifica logo nos primeiros instantes de vida. Por isso, a saúde ocular em neonatos deve ser fator de investigação logo nos primeiros dias de vida, pois permite identificar anormalidades, muitas delas passíveis de tratamento ou prevenção. Uma forma de triagem, ainda na maternidade, é o Teste do Reflexo Vermelho ( TRV ). A partir da suspeita inicial, então, investiga-se doenças como retinoblastoma, catarata e glaucoma congênitos e retinopatia de prematuridade. Em 2002, pela Lei 3.931/10, o TRV ou Teste do Olhinho passou a ser obrigatório em todas as maternidades do Estado do Rio de Janeiro. Durante 2 anos foi realizado o teste em recém-natos, com alunos da iniciação científica e percebeu-se que o período ideal seria durante o início da puericultura. Implementou-se, portanto, o TRV na rotina de avaliação do lactente, por ser um método rápido e simples,integrando esta atividade assistencial as atividades realizadas pelos acadêmicos de medicina durante o Trabalho de Campo Supervisionado III, disciplina obrigatória do curriculo da Faculdade de Madicina da UFF, e proporcionar seguimento com oftalmopediatra nos casos em que forem encontradas anormalidades. Em parceria com o Município de Niterói capacitar os pediatras da rede municipal para a realização do teste durante o exame de lactentes.
Palavras-chave
   Puericultura, Teste de reflexo vermelho, Trabalho de campo Supervisionado III
Público-Alvo
  Alunos do curso de graduação de Medicina e pediatras e médicos de saúde da família da rede municipal de Niterói e do Instituto Dr March
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   chrisribeiro@vm.uff.br; chris_alvarenga@yahoo.com.br
«« Voltar