«« Voltar
Tramar Saúde Coletiva
Protocolo do SIGProj:   256702.1344.264143.16012017
De:02/02/2017  à  31/12/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Juliano André Kreutz
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Alvorada - Câmpus Alvorada - Extensão
Unidade de Origem
  EXT - Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  Uma trama é um 'tecido formado pelo entrelaçamento dos fios' e também um enredo em uma produção artística e literária. Tramar é enredar-se: formar redes, narrar-se, inventar-se. Tramar Saúde Coletiva é um programa de extensão (de possibilidades de criação), de experienciação de práticas de educação, na perspectiva da autogestão pedagógica, e de proposição de experiências literárias na formação de trabalhadores em saúde. Pressupõe-se que escolher estratégias metodológicas definitivas e observar regras estritas é contraproducente, ao buscar 'abandonar (desaprender) o sujeito que somos' (CECCIM & PINHEIRO, 2005, p.16), nas fronteiras de experiências de ensino da integralidade. Escolhe-se, nesta espécie de vale tudo metodológico, um arranjo, sempre artificial, que opere por discordâncias, ao supor que 'quanto mais se aprende, mais diferenças existem' (LATOUR, 2008, p. 46) e que ser afetado é pôr-se em movimento. Assim, propõe-se a fabricação e o uso de duas máquinas: uma máquina-flâneur e uma máquina-fabulista. Estas funcionariam sob inspiração das noções de 'proposições articuladas' (LATOUR, 2008) e de 'máquina literária' (DELEUZE, 2010). A primeira inclui: a) a participação em instâncias-processos da Rede de Educação em Saúde Coletiva, b) o acompanhamento de percursos formativos singulares e c) o xeretar de experiências autogestionárias. A última, é uma linha de experimentação do projeto de pesquisa 'Experiências de leitura: estudos sobre literatura e formação de trabalhadores em saúde', que ensaia usos de obras de arte narrativas, como a literatura e o cinema, em oficinas com diferentes atores sociais.
Palavras-chave
   Saúde Coletiva, Educação, Experiência e narrativa
Público-Alvo
  Não é possível especificar o número de participantes por segmento. As ações do projeto serão públicas, abertas a qualquer interessado, sem necessidade de inscrições prévias. Relacionadas à Rede de Educação em Saúde Coletiva, política pública instituída pela Resolução CIB/RS 590/2013, as proposições deste projeto instituirão 'intercâmbio entre trabalhadores, movimentos sociais, conselhos de políticas públicas, instituições de ensino e gestores'.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   juliano.kreutz@alvorada.ifrs.edu.br
«« Voltar