«« Voltar
Educação Inclusiva e a formação do professor de Física (Cópia) 11-01-2011 (Cópia) 18-01-2012 (Cópia) 14-01-2013 (Cópia) 21-01-2014 (Cópia) 21-01-2015 (Cópia) 20-01-2016 (Cópia) 26-12-2016
Protocolo do SIGProj:   255960.1395.28163.25012017
De:01/03/2017  à  31/12/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Lucia da Cruz de Almeida
Instituição
  UFF - Universidade Federal Fluminense
Unidade Geral
  EGF - Instituto de Física
Unidade de Origem
  GFI - Departamento de Física
Resumo da Ação de Extensão
  A política de inclusão instituída pelo MEC, em consonância com a Constituição Federativa do Brasil e o Estatuto Brasileiro da Pessoa com Deficiência, visa garantir uma educação de qualidade para todos os alunos. Para tanto, sinaliza que os sistemas de ensino regular devem se transformar em sistemas inclusivos. Essa transformação deve abarcar aspectos estruturais e culturais da escola para que todos os alunos tenham suas especificidades atendidas. Em relação aos aspectos culturais, é necessária uma formação docente condizente com os pressupostos da educação inclusiva. Todavia, na Licenciatura em Física da UFF essa temática não era contemplada. Assim, em 2007, no Instituto de Física, foi formado um grupo de estudos (GE) sobre educação inclusiva e ensino de Física. Os resultados alcançados pelo GE possibilitaram, a partir de 2010, sua continuação como projeto de extensão, voltado à produção de material pedagógico e ao aprimoramento do fazer docente de professores de Ciências da Natureza, de modo que saibam implementar planejamentos de ensino que levem em conta as diferenças individuais dos estudantes, incluindo, nas aulas de Física e/ou de Ciências das classes comuns da rede regular, aqueles com deficiências sensoriais. Os resultados alcançados no projeto são disponibilizados na Internet (www.propostasensinodefisica.net), com o intuito de ampliar o acesso aos materiais pedagógicos produzidos e, consequentemente, contribuir para a consolidação da educação inclusiva no contexto escolar.
Palavras-chave
   educação inclusiva, formação do professor, ensino de Física, necessidades educacionais especiais, deficiências sensoriais.
Público-Alvo
  Licenciandos em Física; professores de Ciências e de Física, respectivamente, do 2º segmento do Ensino Fundamental e do Ensino Médio; aluno(a)s desses níveis de ensino, incluindo aqueles com NEE visuais e auditivas; professores e demais profissionais da educação especial; pós-graduandos da área de ensino de ciências/Física.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   lucia@if.uff.br; www.ensinodefisica.net/formularionovo.htm.
«« Voltar