«« Voltar
Economia Solidária na Rede do Babaçu: desenvolvendo ferramentas para enfrentar os desafios da sustentabilidade e da Governança Territorial no Quilombo Charco, São Vicente Ferrer - MA
Protocolo do SIGProj:   255673.1333.68025.21122016
De:26/01/2017  à  26/01/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Roberta Maria Batista de Figueiredo
Instituição
  UFMA - Universidade Federal do Maranhão
Unidade Geral
  CCH - Centro de Ciências Humanas
Unidade de Origem
  DEGEO - Departamento de Geografia
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto desenvolverá ações que visam fortalecer a organização e articulação local em torno da rede agroextrativista do babaçu, na perspectiva da economia solidária, no território quilombola Charco e Juçaral, em São Vicente Férrer. Para tanto, será realizado levantamento das condições ambientais com objetivo de identificar classes da cobertura vegetal, áreas de mananciais, áreas degradadas, bem como as potencialidades para o uso e manejo agroextrativista do território, com foco para avaliação do potencial produtivo dos babaçuais. Da mesma forma, serão empreendidos esforços no sentido de viabilizar a transferência de tecnologias sociais, a partir da sistematização e discussão de experiências de economia solidária no campo do babaçu, vivenciada por associações, cooperativas e outros grupos informais, com vistas a construção da governança territorial e da sustentabilidade. A metodologia empregada se funda no enfoque participativo, em que saberes locais e científicos são compreendidos como complementares. Desde modo, as ações serão desenvolvidas incluindo: 1) Oficinas de planejamento das estratégias de ação junto às comunidades, bem como identificação e classificação das áreas potenciais para o manejo agroextrativista do território; 2) Realização de intercâmbio para troca de experiências entre as comunidades; 3) Busca e aprofundamento de parcerias ligadas a rede agroextrativista do babaçu nos municípios da baixada e outras regiões do estado; 4) Realização de feiras da economia solidária do Território Quilombola Charco e Juçaral; 5) Construção conjunta (academia e comunidades) de mecanismos de avaliação de resultados (reuniões de avaliação); 6) Elaboração em parceria com a juventude de uma cartilha sobre a temática do projeto.
Palavras-chave
   economia solidária, governança territorial, rede agroextrativista do babaçu
Público-Alvo
  Moradores das comunidades Charco e Juçaral
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar