«« Voltar
Conheço a comida que eu como?
Protocolo do SIGProj:   254642.1334.242614.14122016
De:11/01/2017  à  28/01/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Rosangela Vidal de Souza Araújo
Instituição
  UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco
Unidade Geral
  SEDE - Campus Dois Irmãos - SEDE
Unidade de Origem
  DMFA - Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal
Resumo da Ação de Extensão
  Sobrepeso é uma realidade em crianças de baixo nível econômico, residentes em comunidades carentes. A preocupação com o sobrepeso deve-se ao fato de estarem associadas a comorbidades como diabetes mellitus tipo 2, dislipidemia, hipertensão arterial sistêmica, doenças cardiovasculares, e pacientes acima do peso são mais propensos a desenvolverem problemas psicossociais. O contexto socioeconômico influencia o consumo individual de comida e os padrões de atividade física. Não só as frutas e vegetais, mas também outros alimentos saudáveis são mais caros do que fast food, biscoito recheados fazendo com que muitas vezes as alternativas saudáveis sejam mais difíceis de serem consumidas em comunidades pobres. Além dessa importante informação, tem-se conhecimento, através de documentários e artigos científicos, que a população não tem consciência da qualidade do alimento que consome, não sabendo diferenciar por exemplo, alimentos “de verdade” de alimentos processados, ultra processados. Diante da realidade da falta de conhecimento do que é “comida de verdade”, de saber discernir entre alimentos de boa qualidade e de má qualidade (processados/ultra processados) diante de dificuldade econômica, a proposta desse projeto é colaborar com a propagação do conhecimento mínimo sobre o tema, fazendo com que o aluno conheça um pouco a base de uma alimentação mais saudável e que seja principalmente de baixo custo. Também objetiva-se transmitir para o nosso público-alvo a questão de saber identificar nos alimentos alguns ingredientes danosos a saúde humana, mas que muitas vezes são colocados nos rótulos de ingredientes com nomes “difíceis” ou “científicos” que muitas vezes confundem a cabeça desse consumidor.
Palavras-chave
   comida saudável, comida de verdade, alimentos processados, alimentos ultraprocessados
Público-Alvo
  O público alvo atingido por esse projeto, será muito além do número de alunos que serão o público propriamente dito, pois as ações irão reverberá nas famílias, professores e demais alunos da escola, sendo assim estimasse umas 400 pessoas ou mais que receberão informações direta ou indiretamente por esta ação.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar