«« Voltar
Frutos no processo de facilitação da aprendizagem significativa para o ensino de botânica.
Protocolo do SIGProj:   253173.1334.19294.08122016
De:11/01/2017  à  05/01/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Josabete Salgueiro Bezerra Carvalho
Instituição
  UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco
Unidade Geral
  UAG - Unidade Acadêmica de Garanhuns
Unidade de Origem
  ADM - Administração
Resumo da Ação de Extensão
  O aprendizado da botânica no ensino fundamental apresenta deficiências e limitações que, em parte, são decorrentes também de características próprias da disciplina. Uma vez que esta área do conhecimento aborda alguns temas abstratos e vias metabólicas relativamente complexas, o que dificulta a exploração desses conteúdos em sala de aula. Objetivando contribuir com estratégias que tornem o ensino de Botânica, atraente e estimulante, este projeto, terá como foco principal os frutos como estratégia facilitadora da aprendizagem significativa. Acredita-se que com essa contribuição, a estrutura cognitiva do aluno, fique fortalecida e o levará a facilitar a aquisição e a retenção de significados dos novos conhecimentos tendendo a facilitar e promover a aprendizagem significativa. O projeto será desenvolvido na Escola Municipal Professor Letácio Brito Pessoa-Garanhuns-PE com os alunos da 6º série (sétimo ano) do ensino fundamental. O desenvolvimento metodológico se dará em cinco momentos a seguir: (i) Elaboração do pré-teste com 5 questões abertas; (ii) Introdução do instrumento didático Mapa Conceitual; (iii) Elaboração da sequência didática de ensino; (iii) Visitas técnicas; (iv) Aplicação do pós-teste com as mesmas questões do pré-teste; (v) Realização de uma avaliação final com 10 questões abertas abordando os conteúdos ministrados durante todo processo.
Palavras-chave
   Fisiologia Vegetal, Reprodução Sexuada, Estudantes, Estratégia de Ensino.
Público-Alvo
  Alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar