«« Voltar
A IDENTIDADE CULTURAL DO COCO BABAÇU: processos colaborativos de empoderamento entre designers, quebradeiras de coco e suas famílias (Cópia) 21-06-2016 (Cópia) 14-10-2016 (Cópia) 17-10-2016
Protocolo do SIGProj:   250364.1312.253638.18102016
De:11/11/2016  à  11/11/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Andréa Katiane Ferreira Costa
Instituição
  UFMA - Universidade Federal do Maranhão
Unidade Geral
  CCET - Centro de Ciências Exatas e Tecnologia
Unidade de Origem
  DEDeT - Departamento de Desenho e Tecnologia
Resumo da Ação de Extensão
  O Projeto de extensão 'A IDENTIDADE CULTURAL DO COCO BABAÇU: processos colaborativos de empoderamento entre designers, quebradeiras de coco e suas famílias, tem como objetivo apresentar formas de colaboração entre designers e o movimento social e como esta relação pode se constituir como meio para emancipação e superação de problemas sociais. A ação, que incide sobre uma associação de grupos extrativistas do coco babaçu, envolvendo mulheres e suas famílias, no município de Penalva no Maranhão, evidencia aspectos metodológicos que posicionam os designers como mediadores de processos de inclusão social e uso de tecnologias sociais. O projeto em questão busca desenvolver oficinas para soluções projetuais para a atuação por meio da construção de produtos com a identidade visual que enfatiza a imagem que representa o movimento – o próprio coco. Descrevemos as etapas metodológicas do projeto que visou à criação de produtos artesanais para serem produzidos por crianças e jovens, filhos das quebradeiras, com a finalidade de ocupá-los fora dos campos
Palavras-chave
   Design, Artesanato, Tecnologias Sociais, Empoderamento
Público-Alvo
  Jovens filhos das quebradeiras de coco babaçu do município de Penalva-MA
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   nida.ufma@gmail.com 98 982120756
«« Voltar