«« Voltar
Serviço de Escuta de Pronto Atendimento Hospitalar (SEPAH)
Protocolo do SIGProj:   249797.1178.102904.20102016
De:22/10/2016  à  17/12/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Sandra Souza da Silva
Instituição
  UFPB - Universidade Federal da Paraíba
Unidade Geral
  CCHLA - Centro de Ciências Humanas Letras e Artes
Unidade de Origem
  DP - DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA
Resumo da Ação de Extensão
  O Serviço de Escuta de Pronto Atendimento Hospitalar (SEPAH) se desenvolverá no Hospital Napoleão Laureano, propondo um novo serviço de acolhimento e escuta psicológica. Tal atividade, no entanto, não se confunde com as demais ações da Psicologia presentes no hospital, como no caso da psicologia hospitalar. A proposta de escuta é pautada nos princípios fenomenológico-existenciais, com foco na Abordagem Centrada na Pessoa (ACP). Tem como objetivo oferecer, sob demanda espontânea, atendimentos em determinados setores do hospital, além de outras atividades que possam ser desenvolvidas no decorrer do processo (rodas de conversa, atividades lúdicas, palestras junto aos profissionais, etc). A promoção de acolhimento e bem-estar subjetivo é foco de toda e qualquer ação a ser realizada. Observa-se, a partir dos objetivos propostos, significativa relevância acadêmica e social na prestação de tal serviço, à medida em que teoria e prática se relacionarão. A comunidade hospitalar será beneficiada, com a inserção de um serviço inovador, assim como os alunos de graduação envolvidos, já que a atividade se propõe a aliar ensino, pesquisa e extensão. O público-alvo incluirá cerca de 6.000 mil pacientes, além de familiares, acompanhantes e funcionários do hospital. Vale lembrar que esse número é uma estimativa do potencial da abrangência do serviço. Espera-se com isso contribuir com a comunidade hospitalar na promoção de bem-estar e desenvolver competências acadêmicas e práticas aos alunos envolvidos. Há a possibilidade, ainda, a partir desta intervenção, de se ocorrer o desenvolvimento de novas práticas e pesquisas sobre o contexto em que o projeto de insere.
Palavras-chave
   Escuta psicológica, Acolhimento, Hospital, ACP.
Público-Alvo
  O público-alvo incluirá cerca de 120 pacientes, além de familiares, acompanhantes e funcionários do hospital. Vale lembrar que esse número é uma estimativa do potencial da abrangência do serviço.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar