«« Voltar
ALIMENTAÇÃO E SUSTENTABILIDADE
Protocolo do SIGProj:   248018.1308.193590.21092016
De:01/11/2016  à  01/11/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Fernando Goulart Rocha
Instituição
  IFSC - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina
Unidade Geral
  IFSC-CFC - Campus Florianópolis Continente
Unidade de Origem
  CERE - Coordenadoria de Extensão e Relações Externas
Resumo da Ação de Extensão
  Trata-se de projeto de extensão que visa a atuar com crianças e adolescentes da rede pública de ensino (municipal, estadual e federal), no Município de Florianópolis, a fim de que identifiquem as frutas nativas do Estado de Santa Catarina, conheçam suas propriedades nutricionais, características sensoriais e potencialidades gastronômicas de modo a construírem um conceito de alimentação mais saudável e sustentável. De maneira mais ampla, pretende-se a reintrodução das frutas catarinenses na dieta da população em geral com o propósito de revitalizar o cultivo das espécies nativas nas pequenas propriedades rurais. Cabe dizer que tais frutas convivem atualmente com um quadro de retração haja vista a sua substituição, nas últimas décadas, por variedades exóticas de maior apelo comercial. Em outra direção, busca-se consolidar uma rede de apoio com as instituições de ensino com o propósito de facilitar a aquisição das frutas nativas catarinenses diretamente dos produtos para que sejam inseridas na alimentação escolar. A estratégia de intervenção os escolares está baseada na construção e aplicação de jogos educativos especialmente voltados à aprendizagem de crianças e adolescentes a partir de conhecimentos produzidos por pesquisas sobre frutas nativas que vêm sendo desenvolvidas pelo Núcleo de Estudos em Gastronomia do Campus Florianópolis - Continente em parceria com o Campus Lages do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).
Palavras-chave
   Frutas Nativas, Santa Catarina, Educação, Nutrição, Gastronomia.
Público-Alvo
  Crianças e adolescentes da rede pública de ensino (estadual, muncipal e federal) no Município de Florianópolis. De maneira indireta, o projeto procurá sensibilizar ainda merendeiras e gestores escolares para a inserção das frutas nativas na alimentação escolar.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   fernandogr@ifsc.edu.br
«« Voltar