«« Voltar
Atendimento ambulatorial no serviço de dor do Hospital Universitário Presidente Dutra (HUPD)
Protocolo do SIGProj:   246482.1312.188458.16102016
De:11/11/2016  à  11/11/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Lyvia Maria Rodrigues de Sousa Gomes
Instituição
  UFMA - Universidade Federal do Maranhão
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  DEMEDII - Departamento de Medicina II
Resumo da Ação de Extensão
   O Projeto de extensão “Atendimento ambulatorial no serviço de dor do Hospital Universitário Presidente Dutra” é desenvolvido pela Liga Acadêmica de Dor (LAD), constituindo um espaço de promoção da saúde, destinado à comunidade interna e externa à UFMA. Tem como objetivos o Atendimento ambulatorial multidisciplinar aos pacientes com dor crônica, supervisionados por uma equipe multidisciplinar. Com intenção de promover ações que avaliem o grau de capacidade do indivíduo, buscando reintegrá-lo social e profissionalmente, fazendo assim sua reabilitação. E aplicação de tratamentos coadjuvantes. Além de, promover educação sobre dor aos alunos e pacientes, através de palestras ministradas aos pacientes e acadêmicos sobre dor, e incentivar a participação dos membros do projeto em eventos científicos. A equipe é multidisciplinar, possibilitando o restabelecimento completo do paciente a sua vida normal, dando-lhe a segurança de um acompanhamento seguro e constante. O ambulatório de dor crônica conta além de tratamentos farmacológicos, com técnicas de reabilitação, preocupando-se com a reintegração do paciente social e profissionalmente, e com técnicas de acupuntura, como tratamento coadjuvante da dor crônica. Outro aspecto importante, abordado com freqüência nos ambulatórios é o forte componente psicológico da dor, e o manejo desses pacientes tão debilitados por este sintoma, e mesmo dos seus familiares.
Palavras-chave
   Dor crônica, reabilitação, acupuntura, terapia ocupacional
Público-Alvo
   O atendimento da ação extensionista terá como público alvo, pacientes cadastrados no serviço de dor do HUPD-UFMA, provenientes tanto da capital como do interior do estado do Maranhão. Além disso, serão cadastrados nos programa pacientes portadores de dor crônica que apresentem algum grau de incapacidade por quaisquer patologias, congênita ou adquirida que forem atendidos nos ambulatórios de Dor Crônica e Acupuntura do Hospital Universitário Presidente Dutra (HUPD) para avaliação, tratamento e condução. O público alvo do estudo consiste, portanto, de pacientes acometidos de quadros álgicos crônicos, além de pacientes com sequelas neurológicas decorrentes de AVC, Diabetes e ou Hipertensão Arterial. Além dos discentes da área de saúde que participaram de palestras,campanhas, aulas, cursos, jornadas e simpósios.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   LYVIA MARIA RODRIGUES DE SOUSA GOMES, email lyviamariag@uol.com.br; fone: 91128135
«« Voltar