«« Voltar
Educação ambiental: conscientização da população para a importância da coleta seletiva de resíduos sólidos
Protocolo do SIGProj:   245612.1138.226307.27082016
De:15/09/2016  à  15/03/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Ana Maria da Silva Maia
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  CUG - Campus de Gurupi
Unidade de Origem
  ENGBIO - ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA E DE BIOPROCESSOS
Resumo da Ação de Extensão
  Sabe-se que a participação da população é essencial para o sucesso dos programas de coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos e, no Brasil, essa participação se torna obrigatória quando há um programa de coleta seletiva implantado. Contudo, estudos recentes mostram que a adesão a tais programas ainda é baixa, e apontam como causas dessa baixa adesão a falta de informação por parte da população. Essa falta de adesão da população também foi observada no município de Gurupi-TO, a partir de atividades práticas da disciplina de Biotenologia Ambiental. Tais constatações mostram que há a necessidade de se aplicar ações relacionadas a Educação Ambiental, com o intuito de informar e conscientizar a população de seu papel no gerenciamento de resíduos sólidos. Sendo assim, este projeto tem como objetivos identificar o grau de adesão da população do município de Gurupi-TO, residente nos bairros onde ocorre coleta seletiva, a esse tipo de coleta, avaliar como a adesão da população afeta as atividades da Associação de Catadores do município e, a partir das informações obtidas, executar ações de conscientização sobre a importância da participação da população na coleta seletiva.
Palavras-chave
   Política nacional de resíduos sólidos, coleta seletiva, catadores de materiais recicláveis, cooperativas, educação ambiental
Público-Alvo
  Pessoas física residentes nos bairros/setores onde ocorre coleta seletiva de resíduos sólidos. Empresas cujos resíduos sólidos gerados são potenciais candidatos a coleta seletiva.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar