«« Voltar
Familiares Parceiros do Cuidado Monitoramento da qualidade dos serviços comunitários de saúde mental realizado por familiares: análise de uma experiência piloto
Protocolo do SIGProj:   243684.1276.153199.29072016
De:01/10/2016  à  30/09/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Pedro Gabriel Godinho Delgado
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  IPUB - Instituto de Psiquiatria
Resumo da Ação de Extensão
  Familiares de pacientes com transtornos mentais graves e persistentes atendidos pelos serviços comunitários de saúde mental, em especial, pelos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), têm desenvolvido ações de protagonismo que são de grande importância para a conquista de avanços no campo da saúde mental. Considerando os atuais desafios da atenção psicossocial, relacionados aos familiares de usuários de serviços de saúde mental, este projeto visa contribuir para o enriquecimento dos estudos sobre protagonismo de familiares dentro da área da saúde mental e também viabilizar o conhecimento sobre como estão as ações dentro do modelo de atenção psicossocial. Conseguir observar de forma participativa a qualidade e efetividade da prestação de serviços e, contando com o apoio dos familiares que estão inseridos nos serviços, produzir conhecimento sobre a saúde mental brasileira. Também objetivamos incentivar o modelo de pesquisa através da transmissão de conhecimento, saindo um pouco do perfil puramente acadêmico de produção técnica; buscamos aproveitar o conhecimento, principalmente dos familiares, para poder conhecer o campo e desenvolver nossa temática. Será criado um roteiro piloto, juntos aos familiares voluntários que façam parte do projeto Familiares Parceiros do Cuidado, para o monitoramento dos CAPS.O projeto piloto de monitoramento terá como proposta norteadora o monitoramento dos CAPS e da prestação do serviço, assim como produzir mais conhecimento sobre o campo e o cenário da atenção psicossocial. Além disso, poder também contribuir, com o conhecimento gerado no campo, para avanços dentro desse modelo.
Palavras-chave
   Saúde coletiva, saúde mental, familiares
Público-Alvo
  Familiares de usuários de 25 Centros de Atenção Psicossocial da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (estimativa 300 familiares)
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar