«« Voltar
Memória, história de vida e atuação profissional de servidores da FUNAI da etnia Terena
Protocolo do SIGProj:   240194.1296.46998.12122016
De:01/08/2017  à  31/07/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Victor Ferri Mauro
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPNV - Câmpus de Naviraí
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  A pesquisa pretende investigar e analisar - principalmente através de dados e métodos qualitativos - a história de vida e a trajetória profissional de servidores da Fundação Nacional do Índio da etnia Terena. A maioria deles ingressou na instituição sem concurso na década de 1980, beneficiando-se de um dispositivo da Lei 6.001 - que determinava que o órgão deveria favorecer o ingresso de indígenas em seus quadros -, e se efetivou por tempo de serviço com uma mudança na legislação após a redemocratização do país. Pretende-se sistematizar uma série de informações acerca desses profissionais após descobrir, por exemplo: quantos são; qual a sua idade; aonde estão lotados; de que contexto social (comunidades de pertencimento, religião, grupo familiar etc.) fazem parte; em que circunstâncias vieram a se tornar funcionários; qual o seu nível de instrução e qual o grau de satisfação com a ocupação que exercem. Se tentará descobrir quais os requisitos exigidos pela FUNAI para contratar esses indígenas. Também importa saber o que mudou na vida dessas pessoas a partir do momento em que se tornaram servidores federais e se esse novo status proporcionou a eles melhoria na qualidade de vida e condições de atuação mais protagonista em favor das reivindicações de suas comunidades. Sabe-se que alguns chegaram a ocupar o importante cargo de administrador regional em Campo Grande-MS. Supõe-se que a publicação da pesquisa poderá valorizar a contribuição dos servidores Terena ao indigenismo brasileiro recente e ajudar a aprimorar o relacionamento da administração do órgão empregador com eles.
Palavras-chave
   Memória, Indígenas, FUNAI, Servidores Públicos Federais, Indigenismo
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar