«« Voltar
Aprimoramento do conhecimento de médicos hematologisas brasileiros sobre o manejo de infecções
Protocolo do SIGProj:   239688.1276.259937.25072016
De:16/09/2016  à  16/09/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Marcio Luiz Moore Nucci
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  FM - Faculdade de Medicina
Resumo da Ação de Extensão
  As infecções representam uma importante complicação de pacientes com câncer, especialmente aqueles com doenças hematológicas e receptores de transplante de céluas tronco hematopoéticas (TCTH), e podem resultar em alta morbidade e mortalidade. Infecções ocorrem como resultado da imunodeficiência causada pela doença de base e / ou do tratamento. Assim, um elemento crítico para o manejo de pacientes com neoplasias hematológicas e de receptores de TCTH é o conhecimento por parte do hematologista das complicações infecciosas, incluindo os patógenos mais comuns em cada cenário, sua epidemiologia, ferramentas e critérios diagnósticos, e sua prevenção e tratamento. O conhecimento desse segmento da infectologia é adquirido pelo hematologista durante a residência médica. Entretanto, mudanças nas práticas promovidas pela incorporação de novas tecnologias, novas drogas e novos conhecimentos sobre a epidemiologia das complicações infecciosas requerem uma constante reciclagem, que é provida, em parte, nos congressos da especialidade. Esse projeto tem como objetivos mapear as lacunas de conhecimento do hematologista depois que completa a sua formação na residência médica, e implementar programas de educação focados nessas lacunas identificadas.
Palavras-chave
   infecção, hematologia, câncer, educação, médico
Público-Alvo
  Médicos hematologistas brasileiros
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar