«« Voltar
Re (criando) espaços educativos em saúde para mulheres no cárcere como estratégia para melhorar a qualidade de vida.
Protocolo do SIGProj:   239509.1178.233827.06062016
De:06/06/2016  à  30/12/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Maria Soraya Pereira Franco
Instituição
  UFPB - Universidade Federal da Paraíba
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  ETS - Escola Técnica de Saúde
Resumo da Ação de Extensão
  Realizar ações educativas em saúde com vistas a melhorar a qualidade de vida da população de mulheres no cárcere com equipe interdisciplinar em João Pessoa (PB). Em meio a essa problemática, o projeto “RE (CRIANDO) ESPAÇOS EDUCATIVOS EM SAÚDE PARA MULHERES NO CÁRCERE COMO ESTRATÉGIA PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA” constitui uma tentativa de articular de forma orgânica as atividades de ensino, pesquisa e extensão da Escola Técnica de Saúde com demandas da sociedade por informações sistemáticas a respeito da Educação da Saúde,possibilitando reconhecer a usuária no cárcere como sujeito portador de um saber sobre o processo saúde-doença-cuidado, capaz de estabelecer uma interlocução dialógica com o serviço e a Universidade e de desenvolver uma análise crítica sobre a realidade e o aperfeiçoamento das estratégias de luta e enfrentamento, permitindo dessa forma construir e reconstruir seus caminhos com qualidade de vida ,permitindo assim a aplicação de medidas preventivas e terapêuticas adequadas para população.
Palavras-chave
   Penitenciária, Saúde Pública, Mulheres
Público-Alvo
  O presente estudo terá como público alvo mulheres privadas de liberdade desenvolvido na Penitenciária de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, situada em Mangabeira no município de João Pessoa.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   através de email: msorayapf@hotmail.com
«« Voltar