«« Voltar
Desenvolvimento e validação de metodologias alternativas para melhorar a estabilidade do biodiesel e de metodologias espectroscópicas de caracterização in situ do biodiesel e suas misturas
Protocolo do SIGProj:   238538.1236.1827.24052016
De:01/12/2015  à  31/12/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Anderson Rodrigues Lima Caires
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  INFI - Instituto de Física
Unidade de Origem
  GAB/DIR - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  A presente proposta tem como objetivo validar a recente metodologia proposta e desenvolvida pelo nosso grupo de pesquisa para determinar a quantidade de biodiesel na MDB via espectroscopia de fluorescência. Uma metodologia baseada na espectroscopia de fluorescência se torna atrativa por possibilitar uma análise rápida, precisa e não destrutiva a partir de um sistema portátil. Além disso, com a validação da metodologia, espera-se desenvolver o protótipo de um sistema de fluorescência portátil que possibilite a quantificação in situ do teor de biodiesel na MDB. A manutenção da qualidade do biodiesel produzido, necessária para garantir seu uso como combustível renovável depende de tecnologias que aumentem sua estabilidade frente à oxidação durante longos períodos de estocagem bem como do desenvolvimento de novas metodologias que auxiliem na caracterização e no controle da qualidade. No que refere-se a degradação, esta pode ocorrer via auto-oxidação, incidência de luz e a interação com metais, essencialmente na MDB. Portanto, concomitantemente ao desenvolvimento e validação da metodologia por espectroscopia de fluorescência será estudada a influência de corantes antraquinononas, adicionados ao biodiesel puro e na MBD, como aditivos estabilizantes mais efetivos na conservação do biodiesel durante o manuseio e longos períodos de estocagem. Por fim, considerando a importância do desenvolvimento de novas metodologias que auxiliem no controle da qualidade e monitoramento da produção de biodiesel, nesta proposta também pretende-se explorar a potencialidade de metodologias espectroscópicas de absorção e fluorescência, bem como a espectroscopia de lente térmica, para monitorar on-line e in situ a transesterificação de diferentes óleos.
Palavras-chave
   Biodiesel, Espectroscopia, Fluorescência, Estabilidade, Monitoramento
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar