«« Voltar
Geotecnologias livres na modelagem dinâmica espacial da Planície Pantaneira
Protocolo do SIGProj:   236785.1236.6084.17052016
De:06/02/2016  à  04/02/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Antonio Conceição Paranhos Filho
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAENG - Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia
Unidade de Origem
  Gab/Dir - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  Processo 304122/2015-7 Edital/Chamada PQ 2015 - Produtividade em Pesquisa. Considerada uma das maiores planícies alagáveis do Planeta, o Pantanal é um ecossistema único e peculiar, caracterizado pela presença de inúmeras espécies vegetal e animal. Apesar de todo reconhecimento, essa região vem passando por diversas modificações, as quais ameaçam sua biodiversidade e originam-se principalmente no desmatamento. Além disso, atividades como a caça e a introdução de espécies exóticas também prejudicam a sustentabilidade do local. Nesse sentido, o presente projeto objetiva utilizar softwares disponíveis de forma gratuita na rede em conjunto com o sensoriamento remoto para analisar as mudanças ocorridas na cobertura do solo das unidades de conservação do Pantanal, visando avaliar o papel dessas áreas como protetoras da preservação ambiental. Assim, a pesquisa propõe-se a utilizar geotecnologias livres ou gratuitas para identificar e auxiliar na gestão das unidades de conservação presentes em todo Pantanal, elaborando cartas de cobertura de solo e posterior análise de mudanças, com ênfase no desflorestamento e áreas alagáveis. Através dos resultados propostos, subsídios para políticas públicas e o correto planejamento territorial da região poderão ser estabelecidos, de modo a contribuir para a conservação e preservação da região, a qual é conhecida nacional e internacionalmente por sua riqueza em biodiversidade. As técnicas de trabalho em software livre na forma de tutoriais e apostilas, além dos resultados obtidos e publicações serão disponibilizados aos parceiros e outros interessados e que, por estarem em plataformas livres, terão facilitada sua distribuição sem a necessidade da aquisição de softwares ou imagens.
Palavras-chave
   Softwares gratuitos, unidades de conservação, imagens de satélite, cobertura do solo.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar