«« Voltar
Caracterização Óptica de vidro dopados para aplicações fotônicas e a termo oxidação do biodiesel
Protocolo do SIGProj:   234234.1136.14876.21042016
De:01/03/2015  à  28/02/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Luis Humberto da Cunha Andrade
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  Unidade de Dourados - Unidade Universitária de Dourados (pólo)
Unidade de Origem
  Engenharia Física - Coordenação do Curso de Engenharia Física.
Resumo da Ação de Extensão
  Projeto de bolsa produtividade a pesquisa de nível 1 D Neste período alcançamos importantes resultados, aplicáveis no desenvolvimento de substratos SERS, cujos resultados o mostraram que podem ser utilizados como amplificadores do sinal de espectroscopia Raman na caracterização de pesticidas, persistentes no meio ambiente. Este trabalho encontra em submetido para a revista Applied Spectroscopy. Em termos da caracterização óptica de materiais fotônicos, candidatos a fósforos de Luz Branca (LB), foram estudados vidros aluminosilicatos dopados com Ce3+ e Eu2+, 3+ os quais apresentaram excelentes propriedades para esta finalidade, como: sintonia de cores, alto índice de reprodutividade de cores (CRI) e temperatura de cores dentro das normas internacionaisi. Esta pesquisa ainda encontra-se em estágios finais de desenvolvimento e muitos artigos foram publicados com estes materiais neste período. Outros íons como praseodímio e titânio vem sendo estudados também nestas matrizes vítreas. A pesquisa realizada em pareceria com outros grupos de pesquisa da universidade, voltada a materiais biológicos e biocombustíveis também gerou resultados interessantes. Estes resultados foram publicados em jornais com bons fatores de impacto. No próximo triênio do projeto de Bolsa Produtividade continuaremos com essas e outras linhas que estamos desenvolvendo em nosso grupo.
Palavras-chave
   LEDs, Geração de Luz Branca, vidros, biodiesel
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar