«« Voltar
Cultivo em Laboratório de Caranguejos Dilocarcinus pagei
Protocolo do SIGProj:   234047.1136.4019.20042016
De:04/03/2016  à  04/03/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Liliam de Arruda Hayd
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  Aquidauana - Unidade Universitária de Aquidauana
Unidade de Origem
   Zootecnia - Coordenação do Curso de Zootecnia
Resumo da Ação de Extensão
  O grupo de pesquisa CARCIPANTA trabalha em rede e de forma interdisciplinar em Mato Grosso do Sul. Considerando que os caranguejos Dilocarcinus pagei são a isca viva mais utilizada durante o comércio de pesca esportiva no Estado, observamos a necessidade de conhecer melhor essa espécie, porque um único atravessador (empresário que compra o caranguejo diretamente dos isqueiros e vende para as casas de iscas vivas) compra em Porto Murtinho-MS dez mil caranguejos/dia na alta temporada. Essa espécie é capturada diretamente da natureza e não existe nenhum cultivo no país que tenha pensado na Aquicultura desses caranguejos.Esses caranguejos estão na lista do Livro Vermelho das espécies ameaçadas (IUCN), e trabalhos que visem à aquicultura sustentável para evitar essa alta extração da natureza tornam-se necessários. Esse caranguejo tem um alto valor comercial como isca viva principal na pesca no Pantanal. A extração constante e indiscriminada dos caranguejos tem contribuído para a redução das populações na região, atestada pelos próprios catadores. A solução não está em deixar de coletar a espécie, mas em procurar alternativas para que este negócio possa continuar sem comprometer o frágil equilíbrio ambiental. É nítida a falta de conhecimento da biologia deste caranguejo, tal como os poucos estudos efetuados, o conhecimento nesta área é de extrema importância para podermos fechar o ciclo reprodutivo em cativeiro e compreender os fatores que afetam o mesmo. Desta forma, esta lacuna demonstra a necessidade deste trabalho, que procura divulgar os conhecimentos já obtidos sobre o caranguejo de agua doce do Pantanal.
Palavras-chave
   Pantanal, caranguejos, iscas vivas, aquicultura
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
  
«« Voltar