«« Voltar
Condicionantes epistemológicos e políticos do surgimento das ciências sociais
Protocolo do SIGProj:   232560.1136.128660.13042016
De:01/05/2016  à  30/04/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Fabricio Antonio Deffacci
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  Amambai - Unidade Universitária de Amambai
Unidade de Origem
  Ciências Sociais - Coordenação do Curso de Ciências Sociais
Resumo da Ação de Extensão
  A fundamentação das Ciências Sociais no século XIX corresponde a uma tentativa de estabelecer um campo de saber autônomo a partir do debate com a Filosofia Moderna. Tal autonomia aparece na concepção de realidade social, por um lado, e na configuração de um novo modelo epistemológico e político, por outro. Em vista disso, esta pesquisa pretende analisar as propostas do positivismo e do marxismo e, por conseguinte, sendo capaz de abrir um novo modelo de construção das Ciências Sociais através da redefinição tanto da concepção de realidade social quanto da epistemologia moderna. Neste percurso, procurar-se-á indicar as questões e respostas apresentas pelos clássicos das Ciências Sociais em conformidade com os enfrentamentos políticos próprios da época em que produziram suas teorias.
Palavras-chave
   Dilemas Políticos, Epistemologia, Ciências Sociais.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
  
«« Voltar