«« Voltar
Liga de Humanização e Ética Projeto Bem-me-Quer/Artes Cênicas - CACES 2016
Protocolo do SIGProj:   230400.1135.18496.08042016
De:01/06/2016  à  30/04/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Emerson Henklain Ferruzzi
Instituição
  UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
Unidade Geral
  FCS - Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde
Unidade de Origem
  Med. - Medicina
Resumo da Ação de Extensão
   Pacientes internados nas enfermarias Pediátrica, de Clínica Médica e Cirúrgica, do Hospital Universitário de Dourados, uma instituição 100% SUS, que recebe pacientes de toda a região sul do Estado (área mais populosa), incluindo oriundos das aldeias indígenas, de etnia Guarani/Kaiuá, Terena e Kadiwéu, e, em alguns casos, até mesmo do Paraguai. Além dos pacientes, compõe o público-alvo os acompanhantes e visitantes, equipe de saúde e demais funcionários, pessoas que aguardam na sala de espera e os próprios acadêmicos em estágio no hospital. A área de isolamento, UTI pediátrica e adulta e Enfermaria de Ginecologia e Obstetrícia em certas circunstâncias são visitadas por um grupo menor de palhaços, quando convocados pelo enfermeiro plantonista. Serão, ao longo dos 10 meses, em torno de 7.000 pacientes e acompanhantes visitados. Além disso todos os funcionários do HU do turno vespertino de domingo receberão a visita dos palhaços. Por isso, as ações atingirão pacientes de várias faixas etárias, culturas e etnias.
Palavras-chave
   Humanização hospitalar, ética, voluntário, Palhaço, Clown
Público-Alvo
   Pacientes internados nas enfermarias Pediátrica, de Clínica Médica e Cirúrgica, do Hospital Universitário de Dourados, uma instituição 100% SUS, que recebe pacientes de toda a região sul do Estado (área mais populosa), incluindo oriundos das aldeias indígenas, de etnia Guarani/Kaiuá, Terena e Kadiwéu, e, em alguns casos, até mesmo do Paraguai. Além dos pacientes, compõe o público-alvo os acompanhantes e visitantes, equipe de saúde e demais funcionários, pessoas que aguardam na sala de espera e os próprios acadêmicos em estágio no hospital. A área de isolamento, UTI pediátrica e adulta e Enfermaria de Ginecologia e Obstetrícia em certas circunstâncias são visitadas por um grupo menor de palhaços, quando convocados pelo enfermeiro plantonista. Serão, ao longo dos 10 meses, em torno de 7.000 pacientes e acompanhantes visitados. Além disso todos os funcionários do HU do turno vespertino de domingo receberão a visita dos palhaços. Por isso, as ações atingirão pacientes de várias faixas etárias, culturas e etnias.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
   Aline Paterlini Araújo dos Santos (67) 9179 4201 Camila do Carmo Siqueira (67) 8106 4397
«« Voltar