«« Voltar
AVALIAÇÃO DE ÁREA EM RECUPERAÇÃO UTILIZANDO INDICADORES FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS DO SOLO
Protocolo do SIGProj:   227863.1136.2008.06032016
De:15/03/2016  à  01/02/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Laércio Alves de Carvalho
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  Unidade de Dourados - Unidade Universitária de Dourados (pólo)
Unidade de Origem
  Engenharia Ambiental - Coordenação do Curso de Engenharia Ambiental
Resumo da Ação de Extensão
  A sustentabilidade ou a degradação de um ambiente pode ser estimada, entre outros, pela avaliação e monitoramento de atributos do solo sensíveis a alterações pelo uso e manejo ao longo do tempo. Compreender alterações decorrentes de manejo empregados em diferentes sistemas pode auxiliar no entendimento processos ecológicos que preconizam a ecologia da restauração. Assim, o objetivo deste trabalho será avaliar a qualidade do solo com base em seus atributos químicos, físicos e biológicos em diferentes usos, sendo cinco áreas em restauração ecológica, uma área de vegetação nativa e uma de cultivo de cana-de-açúcar, todas localizadas em uma propriedade rural particular no município de Rio Brilhante, MS, em uma área de transição entre os Biomas Cerrado-Mata Atlântica. Todavia, espera-se que, a longo prazo, todas ás áreas em restauração atinjam seus níveis de estabilidade, sustentabilidade e integridade biológica resgatando assim, os processos ecológicos que auxiliam no restabelecimento de um ecossistema preservado.
Palavras-chave
   meio ambiente, restauração ecológica, area degradada
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar