«« Voltar
Juventude rural e permanência na agricultura: uma construção do status de sucessão e reprodução social a partir das percepções e relações de pais e filhos
Protocolo do SIGProj:   225260.1152.201521.01042016
De:18/04/2016  à  20/08/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Alexandre da Silva
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Bento Gonçalves - Câmpus Bento Gonçalves - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  Na atualidade uma das maiores preocupações vinculadas ao mundo rural é o processo de sucessão hereditária das práticas de produção agropecuária - especialmente as de cunho familiar. Dado esse contexto, essa proposta objetiva uma pesquisa acerca da temática “Juventude Rural e Perspectivas de Permanência no Campo”, a partir do caso dos estudantes do Instituto Federal do Rio Grande do Sul - Campus Bento Gonçalves e das percepções/relações com seus pais que têm vínculo com produção agropecuária. Para a execução do estudo desse caso, serão aplicados questionários junto ao público-alvo (pais e alunos) para o levantamento das informações relevantes à sucessão hereditária na atividade agropecuária. Após a aplicação dos questionários, serão realizadas as tabulações e divulgação dos resultados.
Palavras-chave
   Jovem rural, Sucessão na agricultura, Sociologia Rural
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar