«« Voltar
Poder Popular e Campesinato na América Latina: Memória, Arte e Resistência
Protocolo do SIGProj:   221228.1484.75211.12052017
De:01/07/2017  à  30/06/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Leile Silvia Candido Teixeira
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CFCH - Centro de Filosofia e Ciências Humanas
Unidade de Origem
  ESS - Escola de Serviço Social
Resumo da Ação de Extensão
  O Projeto de Extensão Poder Popular e Campesinato na América Latina: Memória, Arte e Resistência utiliza o recurso do audiovisual para registrar e divulgar experiências de poder popular na América Latina. O vídeo permite o registro da memória das experiências, mas também se constitui em um recurso importante para a avaliação e reflexão dos participantes sobre seu próprio processo, constituíndo-se em um recurso de fomento para o debate, a avaliação e a continuidade dos trabalhos. Do ponto de vista da Universidade a elaboração do vídeo e o processo de formação sobre poder popular contribuir para uma formação universitária voltada para a compreensão dos processos de luta social na América Latina, e com uma formação capaz de pensar e intervir sobre esses processos com direcionamento social e político crítico, projetando um saber universitário que permita a transformação da sociedade na perspectiva das necessidades dos camponeses e trabalhadores urbanos organizados nos processo de luta social. Nesse projeto os participantes estudam e elaboram documentários sobre o poder popular e o campesinato na América Latina, e realiza a exposição e debate dos mesmos. O Projeto compõe as atividade do Grupo de Ensino Pesquisa e Extensão Questão Agrária em Debate (Qade) da Escola de Serviço Social da UFRJ.
Palavras-chave
   Pode Popular, Campesinato, América Latina, documentário
Público-Alvo
  O público desse projeto se divide em três categorias: 1. Público Universitário, o projeto incorpora alunos de graduação nas atividades de produção de documentários, que são elaborados com os camponeses. Os estudantes participam dos grupos de estudo, definição do roteiro, gravação, edição do material e devolução dos documentários; 2. Os camponeses, para esse ano a proposta é fazer dois documentários um sobre a história do campesinato em Nova Iguaçu em parceria com o MPA e outro sobre um militante do MST, em parceria com o grupo de ensino, pesquisa e extensão Terra e Raiz, Natra da Unesp; Além de camponeses Venezuelanos; 3. População em geral; como proposta é a produção de vídeos, o debate sobre os mesmos será feito dentro e fora da universidade atingindo o público universitário e a população em geral.
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
   Contatos do projeto: Facebook: https://www.facebook.com/poderpopularecampesinato/?ref=aymt_homepage_panel email: email da coordenação: leileteixeiragyn@gmail.com
«« Voltar