«« Voltar
INTERAÇÕES PARASITÁRIAS RELACIONADAS À CADEIA ALIMENTAR, NAS CONDIÇÕES DO PANTANAL
Protocolo do SIGProj:   219951.1236.1573.24062016
De:01/10/2015  à  30/09/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Fernando Paiva
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  GAB/CCBS - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  A proposta se caracteriza pelo estudo das interações parasitárias associadas à cadeia alimentar nas condições do Pantanal; considerando a diversidade da fauna pantaneira em anfíbios, répteis, aves e peixes; apenas algumas espécies foram definidas como alvos (vide Material e Métodos, no item: Animais experimentais). Como objetivos almeja: a) Identificar e descrever os metazoários endoparasitas das espécies alvos relacionados à cadeia trófica, em suas formas imaturas e adultas e b) destacar a similaridade das comunidades parasitárias dependentes da estrutura da cadeia alimentar. Para tanto serão capturados espécimes representativos em seis expedições nas regiões do Miranda-Abobral, Aquidauana e Nhecolândia; seguido de necropsias e recuperação dos metazoários endoparasitas; caracterização da dieta, e identificação taxonômica por métodos clássicos e moleculares. Dentre as ferramentas a serem empregadas, destacam-se os protocolos de BARCODE e análises de imagens em microscopia de luz e eletrônica de varredura. No entanto, o escopo maior será a formação de recursos humanos para pesquisas científicas através dos programas de Pós-graduação, nos quais os membros da proposta estão credenciados. A presente proposta se constitui em pesquisa científica inédita para as condições do Pantanal e se caracteriza como inovadora, devendo trazer significativas contribuições ao sistema de ciência e tecnologia do Estado.
Palavras-chave
   BARCODE, interações, ecologia, helmintos, Pantanal
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar