«« Voltar
Produção de leite orgânico: um mercado promissor, mas que precisa de controle de qualidade e sanidade em propriedades familiares
Protocolo do SIGProj:   214614.1079.156148.14092015
De:01/03/2016  à  31/12/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Aleksandro Schafer da Silva
Instituição
  UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina
Unidade Geral
  CEO - Centro de Educação Superior do Oeste
Unidade de Origem
  DCZ - Departamento do Curso de Zootecnia
Resumo da Ação de Extensão
  A produção de alimentos orgânicos apresenta crescente demanda na maioria das sociedades atualmente. O consumidor deseja alimentos de qualidade, a preço justo, saudáveis do ponto de vista sanitário e isentos de resíduos. Entre esses produtos destaca-se a produção de leite orgânico, que segundo o IBGE equivale aproximadamente 1% do volume comercializado do produto no Brasil. No estado de Santa Catarina a produção de leite orgânico cresceu nos últimos, no entanto, os produtores sofrem com problemas sanitários em seu rebanho como parasitos e mastite. Na produção convencional de leite, essas doenças são tratadas com quimioterapia, o que não é permitido na produção orgânica. Porém, os produtores de leite orgânico carecem de orientação técnica para produzirem leite de qualidade e controle sanitário adequado. Em virtude disso, este programa de extensão terá três ações: (1) orientar os produtores familiares de leite orgânico com controle sanitário alternativo com base em produtos naturais, dias de campo e palestras; (2) analisar a qualidade de leite orgânico produzido; e (3) prestar assistência técnica laboratorial para analise parasitológica. A parceria com a cooperfamiliar de Chapecó existe há dois anos. Os produtores de leite orgânico, em sua maioria, não sabem como esta a qualidade do leite produzido, sendo que o laboratório mais próximo está a 200 km. Então a ação propõe analisar a composição do leite orgânico produzido na região na UDESC, assim como organização de oficinas para capacitar os produtores na produção de um leite orgânico de qualidade e com controle sanitário adequado, assim como visitar as propriedades.
Palavras-chave
   Leite, orgânico, qualidade, do, leite, parasitoses, mastite, controle, zootécnico.
Público-Alvo
  O público alvo são os produtores vinculados a agricultura familiar, que hoje dedica-se a produzir leite orgânico, assim como outros pequenos produtores que desejarem de capacitação técnica para iniciar nessa nova forma de produção. Além disso, estará envolvido a comunidade universitária, composta por docentes, técnicos e alunos de graduação em zootecnia a fim de interligar as três grandes áreas: ensino, pesquisa e extensão.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Laboratórios de: Parasitologia, Microbiologia e Bioquímica em Pesquisa Animal LPPA/CEO, coordenado pelo professor Aleksandro Schafer da Silva e Lenita M. Stefani integrantes dos grupos de pesquisa e extensão da UDESC.
«« Voltar