«« Voltar
Processamento de Frutas Silvestres como Fonte de Renda para Famílias de Agricultores Participantes do Projeto 'CALELI' no Município de Erechim/RS
Protocolo do SIGProj:   199829.968.70984.08032015
De:04/05/2015  à  30/11/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Marilia Assunta Sfredo
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Erechim - Câmpus Erechim - Extensão
Unidade de Origem
  EXT - Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  O presente projeto é uma demanda do SUTRAF AU, entidade responsável pelo Projeto 'CALELI', ao IFRS Câmpus Erechim e objetiva apresentar alternativas de geração e diversificação de renda para as famílias residentes nas comunidades abrangidas pelo 'CALELI'. Essas alternativas consistem na aprendizagem de técnicas de processamento das frutas silvestres, observando as Boas Práticas de Fabricação. Para isso, serão realizadas oficinas de elaboração de produtos alimentícios contendo frutas silvestres em sua composição. As oficinas serão ministradas nas comunidades no entorno dos rios Campo, Leãozinho e Ligeirinho, no Município de Erechim/RS. Antes de realizar as oficinas, os produtos serão elaborados em laboratório e suas formulações testadas por análise sensorial. Os produtos a serem formulados são: licor de jabuticaba, geleia de pitanga, sorvete de butiá e bombom de pitanga. Para isso, pretende-se realizar um estudo teórico sobre boas práticas de fabricação, características e processamento de frutas silvestres e reuso de água de processo, a ser apresentado na forma de material didático impresso e palestras, para a comunidade externa. Este último estudo será efetuado numa tentativa de diminuir a quantidade de água utilizada para processamento de frutas, visto que o Projeto 'CALELI' também tem como objetivo reduzir as ações antrópicas que prejudicam a qualidade e a quantidade de água que abastece a Bacia Hidrográfica de Captação de Água na Barragem da Corsan - Erechim/RS.
Palavras-chave
   agricultura familiar, sustentabilidade, conservação de alimentos, análise sensorial
Público-Alvo
  O público-alvo serão mulheres e homens, interessados em aprender mais sobre o processamento de frutas, que tenham aderido ao Projeto 'CALELI' e, portanto, habitem as comunidades do Campo, Leãozinho e Ligeirinho. Além desse público, há também os estudantes e servidores do IFRS Câmpus Erechim e a comunidade externa ao Câmpus, que poderão participar das palestras anteriores à realização das oficinas nas comunidades. Estima-se que a comunidade externa interessada em Boas Práticas de Fabricação e Processamento de Frutas Silvestres seja compreendida por 2.000 pessoas, visto que o município tem pouco mais de 100.000 habitantes. Essas pessoas podem ser fabricantes de produtos agroindustriais, proprietários e funcionários de empresas que processam e/ou comercializam alimentos, pessoas da comunidade, em especial aos arredores do IFRS Câmpus Erechim, famílias de agricultores, feirantes, extensionistas da EMATER/RS, funcionários do SUTRAF AU, doceiras, estudantes dos cursos da área de Alimentos de outras instituições de ensino da cidade.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Marilia Assunta Sfredo IFRS Câmpus Erechim R. Domingos Zanella, 104 - Bloco III Bairro Três Vendas - Erechim/RS CEP: 99713-028 Telefone: (54) 3321-7509 e-mail: marilia.sfredo@erechim.ifrs.edu.br
«« Voltar