«« Voltar
Paleogeografia do Pantanal Sul-mato-grossense, região da Nhecolândia
Protocolo do SIGProj:   198789.1003.4830.22042015
De:18/11/2015  à  18/11/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Frederico dos Santos Gradella
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPTL - Câmpus de Três Lagoas
Unidade de Origem
  GAB/CPTL - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  O Pantanal é uma bacia sedimentar ativa, localizada no interior da Bacia do Alto Paraguai). Devido o baixo gradiente topográfico e incapacidade de escoamento de toda a água drenada pela bacia até o seu rio principal (rio Paraguai), passa por enchentes anuais. O sistema deposicional do Pantanal é formado por leques e planícies fluviais, onde cada região apresenta diferentes características (inundação, solo, relevo e fitofisionomia), sendo estas conhecidas como pantanais ou sub-regiões. Uma dessas é a região da Nhecolândia, porção sul do leque fluvial do Taquari, que se destaca dentre os demais leque fluviais do Pantanal devido a sua forma praticamente circular e pelo seu tamanho (aproximadamente 50.000km²). Esta região tem atenção especial por apresentar parte da área com grande quantidade de lagoas, dentre elas algumas são conhecidas como “salinas”, por apresentarem concentração alta de sais e pH próximo de 9. Essas feições geormorfológicas tem sido atribuídas a retrabalhamento eólico numa época em que o Pantanal teria passado por uma clima mais seco no Pleistoceno apresentando um campo de dunas.
Palavras-chave
   Geomorfologia, pedologia, paisagem
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar