«« Voltar
RESISTÊNCIAS, NEGRITUDE E QUILOMBOLAS: OUVINDO OS ECOS DOS QUILOMBOS DO MUNÍCIPIO DE SÃO LOURENÇO DO SUL-RS
Protocolo do SIGProj:   186751.864.216190.07092014
De:20/09/2014  à  20/12/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Graziela Rinaldi da Rosa
Instituição
  FURG - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE
Unidade Geral
  UE - Unidades Educacionais
Unidade de Origem
  IE - Instituto de Educação
Resumo da Ação de Extensão
  Tendo por base a necessidade de criar alternativas para fortalecer a identidade dos povos do campo. Lembrando que a identidade serve como base de resistência de grupos, sendo um conceito unificador de partes, contendo o particular do indivíduo como também as particularidades de sua cultura comunitária, como nos dia Schwarcz (2002). Pretende-se inserir a temática “Diversidade e Cultura afro-brasileira” em ações trans e interdisciplinares, através da promoção e fortalecimento da identidade afrodescendente, envolvendo as comunidades interna e externa ao Campus da FURG, São Lourenço do Sul-RS. A Lei 10.639/03, alterada pela Lei 11.645/08, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio referenciou e instigou-nos a desenvolver o presente projeto, visto que a região Lourenciana, no Estado do Rio Grande do Sul é carente de eventos cuja mediação de conflitos étnicos abordem a promoção de direitos humanos e a busca do exercício de um olhar crítico sobre a realidade do negro e da negra na sociedade brasileira. Busca-se um olhar construtivo, sob o aspecto da valorização da história dos povos africanos, da cultura afro-brasileira e a diversidade na construção histórica e cultural do país, a fim de instaurar no Campus de São Lourenço do Sul o conhecimento e o desvelamento das comunidades Quilombolas presentes no município: Picada; Comunidade Rincão das Almas; Comunidade Monojolo; Comunidade Torrão e Comunidade Coxilha Negra e Comunidade Boqueirão, oportunizando a fala e a escuta desses povos remanescentes.
Palavras-chave
   Negritude, Quilombolas, Cultura Afro-Brasileira, Educação do Campo, Povos do Campo.
Público-Alvo
  Estudantes Universitários, estudantes da educação básica do Município de São Lourenço do Sul, Movimentos sociais, Comunidades Quilombolas
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   grazielarinaldi@furg.br
«« Voltar