«« Voltar
REDE DE CUIDADO EM CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA PE-PB
Protocolo do SIGProj:   183466.1178.169991.17102016
De:21/11/2016  à  30/12/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Juliana Sousa Soares de AraÚjo
Instituição
  UFPB - Universidade Federal da Paraíba
Unidade Geral
  CCM - Centro de Ciências Médicas
Unidade de Origem
  DPS - Departamento de Promoção da Saúde
Resumo da Ação de Extensão
  As cardiopatias congênitas acometem 8 a 10 para cada 1000 bebês nascidos vivos e são responsáveis por muitos abortamentos espontâneos. O diagnóstico tardio leva a deterioração clínica destas crianças que muitas vezes morrem sem sequer ter o seu diagnóstico estabelecido. Na Paraíba até 2010, não havia nenhum programa estruturado de cardiologia pediátrica clínico ou cirúrgico; muito poucos profissionais especializados e nenhum treinamento básico para profissionais de outras especialidades como neonatologia ou enfermagem. Por este motivo definiu-se CRIAR UMA REDE entre a equipe de cardiologia pediátrica do Círculo do Coração de Pernambuco e os profissionais da Paraíba para trabalhar em programas de triagem de cardiopatias e assistência clínico-cirúrgica para estes pacientes. O objetivo deste projeto de extensão é inserir os alunos nas atividades de abordagem de intervenção para diminuir a incidência de diagnóstico tardio de cardiopatia congênita e construir estratégia para integrar a assistência a esta população. Para isso, estes farão parte da construção de uma rede de assistência que integra a atenção básica, a média e a alta complexidade. E assim, capacitar e ser capacitado na assistência e na realização de uma triagem de cardiopatias em pediatria. O treinamento será realizado de forma presencial e por teleconferência para médicos, enfermeiros, equipe de pós-operatório, pessoal técnico, além de estudantes de todas as áreas de saúde (medicina, enfermagem, fisioterapia, fonoterapia e nutrição). Serão realizados cursos para grupos específicos e inúmeras reuniões com profissionais de cada um dos centros participantes. Estudos de caso serão discutidos com avaliação da conduta em cada caso sistematicamente.
Palavras-chave
   CARDIOPATIA CONGÊNITA, REDE DE CARDIOLOGIA, ENSINO
Público-Alvo
  A ATIVIDADE BENEFICIARÁ CERCA DE 90% DOS NASCIMENTOS REALIZADOS NA REDE PÚBLICA DE SAÚDE, ATRAVÉS DE UM ATENDIMENTO ENVOLVENDO 13 MATERNIDADE DO ESTADO. SENDO A TOTALIDADE DE CERCA 56.000 CRIANÇAS.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
   Juliana Sousa Soares de Araújo
«« Voltar