«« Voltar
Assistência Fisioterapêutica a Crianças e Adolescentes com Alterações Físicas
Protocolo do SIGProj:   180669.880.17969.30052014
De:01/06/2014  à  01/02/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Moema Teixeira Maia
Instituição
  UFPB - Universidade Federal da Paraíba
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  DFT - Departamento de Fisioterapia
Resumo da Ação de Extensão
  Criado em 1989, o projeto de extensão “ Assistência Fisioterapêutica a crianças portadoras de deficiência física” surgiu para fortalecer as atividades de ensino que ocorriam no serviço de fisioterapia infantil/UFPB. Em 2009 sofreu expansão, passando desde então, a ser intitulado “Assistência fisioterapêutica a crianças e adolescentes com alterações físicas”. Tem por objetivo prestar assistência a crianças, adolescentes com deficiência ou alteração física e a seus pais /cuidadores, de baixa condição socioeconômica. Embora a ação principal seja a assistência, também são desenvolvidas ações de promoção e prevenção da saúde na comunidade assistida. E ainda fortalece e dá suporte ao ensino e pesquisa no curso de fisioterapia. São cenários do projeto: o Serviço de fisioterapia da UFPB, o Núcleo de estudos e pesquisas em saúde, deficiência física e desenvolvimento infanto-juvenil (NESDI/UFPB), a ASPEQ/PB e escolas da rede municipal de João Pessoa. A comunidade assistida recebe atendimento fisioterapêutico com a cinesioterapia, hidroterapia e equoterapia de forma a ter uma assistência ampliada e numa abordagem interdisciplinar. O projeto tem sido um espaço para aprofundamento de temas técnico-científicos, elaboração de TCC, aumento da prática fisioterapêutica, proximidade maior da realidade da criança e adolescente com deficiência física. Além de trabalhar mais de perto com os pais e cuidadores. A cada ano observam-se os impactos sociais e educacionais positivos para a comunidade acadêmica, e os resultados vêm ampliando contínua as ações do projeto de extensão. A comunidade assistida mostra-se participativa e solícita, dessa forma torna-se instigante manter e ampliar as ações de extensão durante todos esses anos.
Palavras-chave
   fisioterapia, deficiência física, criança, adolescente, saúde
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar