«« Voltar
Biologia reprodutiva de Tropaeolum pentaphyllum Lam. (crem) na região do Alto Uruguai
Protocolo do SIGProj:   127193.1359.115326.23022017
De:02/05/2017  à  28/02/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Juliana Marcia Rogalski
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Sertão - Câmpus Sertão - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  Tropaeolum pentaphyllum Lam. (crem) foi listado como uma das espécies potenciais para uso econômico pelo projeto do Ministério do Meio Ambiente, conhecido como Plantas do Futuro - Região Sul. Porém, faz parte da lista de Espécies Ameaçadas de Extinção do Rio Grande do Sul, na categoria vulnerável. As principais ameaças à espécie decorrem da perda de hábitat e do extrativismo dos tubérculos. Este estudo visa conhecer a biologia reprodutiva do crem. Para caracterizar seu sistema reprodutivo serão conduzidos cinco tratamentos: agamospermia, autopolinização manual, geitonogamia, polinização cruzada e controle. Para cada tratamento serão marcadas 30 flores em 10 indivíduos. A avaliação do sucesso reprodutivo será feita 15 dias após realização dos experimentos, sendo registrados o número de frutos formados e o número de mericarpos por fruto. As sementes dos testes de polinização serão colocadas para germinar, usando turfa como substrato. Serão consideradas germinadas as sementes com emissão de radícula. Após senescência da parte área das plantas provenientes de sementes será verificado se houve formação de tubérculos e serão feitas medições de tamanho (comprimento, largura e espessura). Também será estudada sua fenologia. Os visitantes florais serão coletados e/ou fotografados e posteriormente identificados. Também será registrado o comportamento dos visitantes e os recursos florais por eles coletados.
Palavras-chave
   biologia reprodutiva, crem, germinação, polinização.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar